Stanley Cup 2012 – Devils vence em casa, diminui a diferença na série e segue vivo


Por Marcos Garcia

O New Jersey Devils finalmente encontrou o seu melhor hóquei e venceu a segunda partida seguida na série final da Stanley Cup 2012. Em casa, a equipe bateu o Los Angeles Kings por 2 x 1 com gols de Zach Parise e Bryce Salvador e forçou o jogo 6, que acontece nesta segunda, na Califórnia. Pelos visitantes, que perderam seu primeiro jogo longe de casa nos playoffs, Justin Williams descontou no Prudential Center. Se vencer no seu domínio, Los Angeles conquista o título. Cabe a New Jersey manter o b0m momento e levar a decisão para a próxima quarta-feira, (14), no jogo 7.

Festa dos jogadores de New Jersey após o triunfo no jogo 5 (foto: Elsa/GettyImages)

O Jogo

1º Período

Mais atento a pressão de início de jogo dos Kings, New Jersey começou se defendendo bem e parando as oportunidades do adversário. Na melhor chance, Martin Brodeur defendeu dois tiros seguidos, o mais perigoso deles feito por Dustin Brown. A segurança defensiva se transformou em confiança para atacar e logo em seguida a pressão dos visitantes, New Jersey teve um power play a seu favor e quase abriu o placar em finalização de Travis Zajac. Um minuto depois, ainda em vantagem numérica, foi a vez de Zach Parise ser perigoso e após erro de Jonathan Quick na tentativa de afastar o puck, o camisa 9 colocou o disco na rede em um wrist shot. Ainda na etapa inicial, Trevor Lewis teve boa oportunidade em rebote de Brodeur, mas não aproveitou.

2º Período

O 2º período continuou com Parise sendo o jogador mais perigoso dos Devils, mas sem aumentar o marcador em novas chances. No outro lado, Justin Willians, que não faz uma grande série, resolveu aparecer e em jogada individual, colocou o puck no ângulo de Brodeur para empatar. Os californianos só não viraram um minuto depois em breakaway de Jarret Stoll porque o camisa 30 dos Devils fez defesa milagrosa e manteve sua equipe na briga.

No ataque, New Jersey precisava se impor e voltar a criar bons lances, usando todas as qualidades que possuía. Foi assim que o defensor Bryce Salvador recebeu o disco no lado esquerdo, ajeitou o corpo e soltou um tiro fortíssimo contra o gol de Quick, que foi atrapalhado pelo grande número de jogadores a sua frente e sofreu o segundo gol. A etapa ainda teve chances claríssimas pros dois lados e um gol anulado de Stoll, levando a vantagem para os mandantes para o último tempo.

O defensor Bryce Salvador celebra o gol da vitória com os companheiros (foto:Frank Franklin II / AP)

3º Período

Apesar da esperada pressão de Los Angeles, o período final foi de total equilíbrio e pouca emoção. Quick e Brodeur chegaram a trabalhar em boas finalizações de Kovalchuk e Martinez, respectivamente, mas o gol não saiu. Em vantagem, os Devils usaram a posse de puck como forma de manter o placar e não tomar sustos. Com um  4 contra 4 no último minuto e o disco com os Kings, os torcedores da casa sofreram, mas no fim soltaram o grito de felicidade e alívio após um triunfo gigante para manter as esperanças de título ainda vivas.

Melhores Momentos

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 10 de junho de 2012, em NHL e marcado como , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: