Grandes nomes do MMA: Fedor Emelianenko


por Lucas Prestes

O novo quadro do Jornaleiros do Esporte, Grandes nomes do MMA, contará a história de algumas lendas deste esporte. Lutadores que se destacaram tanto por suas técnicas quanto por seus cartéis com números impressionantes, e que servem de inspiração para qualquer atleta iniciante. Na primeira edição, conheça Fedor Emelianenko, o peso pesado russo que dominou a categoria durante anos e que anunciou a aposentadoria recentemente.

Fedor Emelianenko, “O Último Imperador” (Foto: Sherdog.com)

Fedor Emelianenko “The Last Emperor” (“O Último Imperador”, em português) é considerado uma das lendas do mundo do MMA. Com 1,83 metros e 102 kilos, lutou em grandes eventos, como os já extintos PRIDE e Affliction, somando um dos mais respeitados cartéis do mundo das lutas, com 35 vitórias, apenas quatro derrotas e um “No Contest” (sem resultado).

No PRIDE, Fedor foi campeão dos pesados e do GP da categoria (Foto: Reprodução/ FanPop.com)

Filho de Olga Fiódorovna e Vladimir Alexandrovitch Emelianenko, Fedor nasceu na antiga União Soviética, onde atualmente é região da Ucrânia, em 1976. Com dois anos de idade, mudou-se para a cidade de Stary Oskol, na Russia. Em 1991, terminou o colegial. Depois, serviu durante dois anos o Exército Russo, onde continuou seu interesse pelo esporte, praticando Sambô, Judô e Boxe. Já em 1999, casou-se com Okasana, com quem teve sua primeira filha, Macha.

O início de uma história de vitórias

No dia 21 de maio de 2000 fez sua primeira luta profissional contra o búlgaro Martin Lazarov, no evento japonês RINGS. Na ocasião, venceu seu oponente por finalização, com uma guilhotina. Ainda nesse mesmo evento, Fedor participou de 12 combates, perdendo apenas um deles por paralisação médica, em razão de uma cotovelada sofrida pelo japonês Tsuyoshi Kohsaka, que mesmo acertando um golpe ilegal nas regras do evento, foi considerado vencedor. Mas na revanche, o russo conseguiu a vitória.

Em 23 de junho de 2002, estreou no hoje extinto PRIDE, onde fez a maior parte de suas lutas como profissional. Dos 15 combates que participou na franquia, não perdeu nenhum, mesmo lutando contra grandes nomes do mundo das lutas, como Rodrigo “Minotauro” Nogueira, em 2003, no PRIDE 25, consagrando-se campeão dos pesos pesados. Em 2006, separou-se de sua mulher para um segundo casamento, se despedindo, também, do evento japonês, que viria a ser fechado no ano seguinte.

Fedor vs. Werdum: a primeira derrota em 10 anos (Foto: Sherdog.com)

Após uma breve passagem pelo Affliction, onde se tornou o primeiro campeão peso pesado da WAMMA (World Alliance of Mixed Martial Arts), sobre o americano Tim Sylvia, Fedor Emelianenko estreou com vitória no Strikeforce, em 2009, contra Brett Rogers. Mas para a surpresa de seus fãs, foi derrotado nas três lutas seguintes, contra Fabrício Werdum (triângulo com armlock), Antônio “Pezão” Silva (paralisação médica) e Dan Henderson (TKO por socos).

No dia 21 de junho de 2012, venceu o brasileiro Pedro Rizzo no M1-Global por nocaute, logo no primeiro round, em São Petersburgo, na Russia, anunciando sua aposentadoria aos 35 anos. “Eu tomei a decisão final. Eu estou deixando o esporte por causa de minha família, para o bem das crianças. Neste momento eu quero dedicar mais tempo às minhas filhas”, disse Fedor.

Fedor Vladimirovitch Emelianenko, o “The Last Emperor”, é o único grande lutador que nunca participou de nenhuma edição do UFC, mas, mesmo assim, deixou um grande legado de fãs, que o têm como uma inspiração de vida e vitória. O lutador chegou até a receber uma homenagem do artista Kirill Rakhmatullin, que o representou em uma estátua de 58 cm de bronze. “Fedor não é apenas um bom homem, mas também um símbolo de nosso país neste momento. Ele é um guerreiro”, disse o autor da obra.

Homenagem de Kirill Rakhmatullin ao atleta (Foto: FedorEmelianenko.tv)

Títulos conquistados:

Campeão WAMMA, desde 2008.

Campeão peso pesado do PRIDE FC, 2003 a 2007.

Campeão do Grand Prix Peso Pesado do PRIDE, em 2004.

Campeão do RINGS Kings of Kings Open Weight Tournament, em 2002.

Campeão do RINGS World Class Heavyweight Tournament, em 2001.

Atleta Russo do Ano, em 2009.

Opinião do Jornaleiro (por João Pedro Alves)

Fedor Emelianenko é o maior peso pesado da história do MMA. Apesar da baixa estatura para a categoria e de não ter um tipo físico atlético, sempre foi competente tanto em pé (com uma boa trocação e potência nos golpes) quanto no solo (com várias finalizações e um perigoso ground’n’pound). Não por acaso, venceu atletas considerados tops como o croata Mirko Cro Cop, o brasileiro Rodrigo Minotauro (duas vezes) e o americano Mark Coleman (duas vezes).

Uma luta marcante foi contra Mirko Cro Cop, em 2005, na defesa do cinturão dos pesos pesados do PRIDE. Primeiro por ser o encontro de dois dos lutadores que mais empolgaram e tiveram sucesso na franquia japonesa, ainda no auge. Depois, por ter sido um grande combate. Em pé, o duelo foi bem disputado, com os melhores golpes sendo conectados por Fedor, mas com Cro Cop também soltando o jogo e tentando acertar o famoso head kick de esquerda. O russo quedou várias vezes durante os três rounds e dominou a luta no solo, trabalhando por cima no ground’n’pound. A decisão foi para os juízes e Fedor Emelianenko venceu por unanimidade, mantendo o título.

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 6 de julho de 2012, em Lutas e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Sugiro que a próxima reportagem seja com Rickson Gracie, que praticamente inventou as lutas de Vale Tudo, quando peso, altura e idade não contavam e todos lutavam entre si, as vezes mais de duas lutas por noite…

  2. e não concordo com a midia desse pais,puchando o saco do minotauro, e do junior baino sendo que Fedor Vladimirovitch deu uma surra na final no minotauro, queria que colocase esses dois merda na frente do Fedor Vladimirovitch ve se eles ficam em pé até o 2 raund a midia esconde o verdadeiro campeão para querer engrandecer um pais em decadencia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: