Inter sai na frente do Figueira, mas deixa a vitória escapar nos últimos minutos


por Getulio Xavier

Internacional recebeu na noite desta quarta-feira (17) o penúltimo colocado Figueirense, no Beira-Rio, o time colorado foi o primeiro  subir para o ataque, já que brigava para entrar no G-4 da tabela, fez o que devia e conseguiu um bom placar, mas deixou o Figueira crescer e virar a partida, válida pela 31ª rodada do Brasileirão. 

Primeiro Tempo

O jogo começou movimentado, aos 2 minutos Leandro Damião recebeu pelo alto e arriscou de bicicleta, mas a bola se perdeu pela linha de fundo. O Figueira respondeu rápido, aos 4’ Julio Cesar arriscou de longe, mas Muriel trabalhou bem e salvou o time da casa. O inicio da partida continuou movimentado, Dagoberto perdeu uma grande chance de cabeça aos 6’. O jogo seguiu travado no meio de campo, mas ainda assim um pouco melhor para o Inter, que tinha mais velocidade com Dagoberto e Damião.

Só aos 20’ o Inter conseguiu chegar com perigo, depois da cobrança de falta, a bola ficou sem o domínio da defesa e sobrou para Dagoberto, que tentou no carrinho, mas perdeu a chance de movimentar o placar. A pressão colorada aumentou e o gol quase saiu por vezes, mas só aos 38’ o placar foi aberto, Dagoberto driblou Canuto e encobriu o goleiro, sem chances de defesa. A etapa seguiu com pressão colorada, mas foi o Figueirense quem marcou, aos 45’Aloísio chutou sem chances para o goleiro, e o primeiro tempo ficou por isso mesmo, 1 a 1 no placar.

Segundo Tempo

Na segunda etapa o Inter voltou com o mesmo estilo, pressionando o alvinegro no campo de defesa, aos 5’ a primeira chance colorada, Damião recuperou a bola no campo de ataque e chutou forte, mas Wilson fez grande defesa. Até os 20’ mais quatro chances claras de gol, 3 para o Inter, duas pra fora e uma na defesa, e 1 do Figueirense, mas com defesa do Muriel. Aos 24’ Rafael Moura, que entrou no lugar do Damião, recebeu e só precisou empurrar para dentro, 2 a 1 no placar.

O jogo seguiu melhor para o time da casa, mas aos 40 minutos o Figueirense começou a ensaiar uma reação e partiu com tudo para o ataque, aos 42 minutos Ronny recebeu um cruzamento rasteiro de Pottker e mandou a bola no ângulo do gol de Muriel, empatando e agitando a partida.  Aos 44 minutos o lance que mudou o rumo do jogo e deu a vitória para os visitantes, Aloísio subiu sozinho e de cabeça mandou para as redes, colocando 3 a 2 no placar do jogo e finalizando a partida. 

Ficha Técnica

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS) 
Data: 17 de outubro de 2012, quarta-feira 
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ) 
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Lourival Cândido das Flores (RN) 
Cartão amarelo: Ygor, Dagoberto, Guiñazu e Fred (Internacional); Elsinho, Aloísio e Claudinei (Figueirense)

Gols: Dagoberto e Rafael Moura (Inter), Aloísio (2 gols) e Ronny.

Internacional: Muriel; Édson Ratinho, Rodrigo Moledo, Juan e Fabrício; Ygor (D’Alessandro), Guiñazu e Fred; Dagoberto, Leandro Damião (Rafael Moura) e Cassiano (Josimar). Técnico: Fernandão

Figueirense: Wilson; Elsinho (Jackson), Canuto, Sandro e Hélder; Coutinho (Botti), Doriva, Claudinei e Ronny; Júlio César (William Pottker) e Aloísio. Técnico: Márcio Goiano

 

Publicado em 17 de outubro de 2012, em Campeonato Brasileiro 2012 e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: