O novo erro da CBF


por Pedro Domingues

A CBF errou. Mas o erro não é nada novo, e já foi cometido 2 anos atrás. Ao anunciar Mano Menezes como novo treinador da Seleção brasileira, a entidade máxima do nosso futebol já estava errada. Sem um grande currículo, Mano chegava para comandar a renovação da Seleção Canarinho. Era o grande teste para o treinador pouco testado em clubes brasileiros. Apesar da boa passagem por Grêmio e Corinthians, o único título expressivo de Mano foi uma Copa do Brasil, pouco para credenciá-lo ao cargo de técnico de uma seleção pentacampeã mundial.

Mano Menezes nunca foi unanimidade no comando da Seleção (Foto: EFE)

A partir daí, Mano Menezes fez o que pôde no comando do Brasil. Apostando num ainda imaturo Neymar, viu sua Seleção amadurecer junto com o principal jogador brasileiro atualmente. Apesar de derrotas emblemáticas na Copa América e nas Olimpíadas de Londres, ninguém escondia que o principal objetivo era, e ainda é, a Copa do Mundo de 2014.Afinal, perder mais uma vez a oportunidade de ser campeão mundial em casa seria um grande desastre. E Mano levou isso como seu grande objetivo: montar uma equipe consistente, que saiba jogar um bom futebol, para além de vencer, encantar na Copa de 2014.

Eis que, passados 2 anos desde que Mano assumiu o cargo, a Seleção começava a tomar forma. Neymar já era uma realidade, apesar de não ter o mesmo brilho do Santos com a Amarelinha . Já era possível que o torcedor, mesmo que com algumas lacunas, dissesse a escalação da nossa querida Seleção Brasileira. A equipe brasileira jogava como Brasil, com toque de bola, dribles, jogadas de efeito. Claro, o entrosamento viria com o tempo, mas Mano conseguiu criar uma base e um estilo de jogo para a Seleção Canarinho.E, com mais 2 anos de trabalho, mesmo contestado pela convocação de alguns jogadores, ele poderia fazer com que o Brasil entrasse como um dos favoritos ao título da Copa de 2014.

Mas aí entra a CBF novamente na história. Com uma demissão surpresa, já que o próprio Mano Menezes sequer sabia da possibilidade de perder o cargo, a Confederação Brasileira de Futebol praticamente jogou no lixo 2 anos de preparação e planejamento. Falta de respeito com o treinador, que havia sido garantido no cargo até a Copa das Confederações pelo atual presidente da entidade, José Maria Marin. Gostando ou não do trabalho de Mano Menezes – eu mesmo tinha minhas ressalvas – era clara a evolução do time canarinho, isso é inegável. Um trabalho de renovação não começa a dar frutos de uma hora para outra, principalmente quando se tem uma geração tão nova, apesar de tão promissora.

Com a saída do técnico gaúcho, 4 nomes foram especulados: Luiz Felipe Scolari, Muricy Ramalho, Tite e o espanhol Pep Guardiola. E Guardiola, questionado sobre a possibilidade de assumir o cargo, foi enfático: aceitaria prontamente o convite, caso ele acontecesse. Mas aí que vem o ‘velho-novo’ erro da CBF. Com o considerado melhor treinador do mundo a disposição, a entidade máxima do futebol brasileiro novamente errou na escolha do treinador e recorreu ao velho conhecido Felipão. Por que errou? Porque Felipão já é um treinador ultrapassado, não mais é o mesmo de 2002. Porque, apesar da limitação do elenco palmeirense, o treinador não foi capaz de realizar um trabalho suficiente para livrar o alviverde paulista do descenso, sendo demitido antes do final do Brasileirão. Muitos vão dizer que ele levou o mesmo limitado Palmeiras ao título da Copa do Brasil. Mas, será isso suficiente? Com o mesmo estilo de jogo burocrático, seria Luiz Felipe Scolari o nome ideal para o comando da Seleção? Eu acredito que não.

Por fim, nos resta esperar como será o desempenho da Seleção Brasileira sob o comando de Felipão. Em 2013 temos o grande teste pré-Copa, e tudo que a Seleção menos precisava era de um recomeço 6 meses antes de uma competição tão importante. Eu e todos os brasileiros ficamos na torcida, mas a esperança de um bom desempenho na Copa do Mundo de 2014 começa a ir embora.

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 28 de novembro de 2012, em Futebol Nacional e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: