Murray derrota Federer e está na final do Aberto da Austrália


 por Renan Araujo

O britânico Andy Murray derrotou o suíço Roger Federer por 3×2, com parciais de 6/4,6/7, 6/3, 6/7 e 6/2 e chegou à final do Aberto da Austrália. Ele enfrentará o sérvio Novak Djokovic na final que acontece domingo. O jogo foi muito equilibrado, com altos e baixos dos dois tenistas, mas no final prevaleceu a excelente forma física e a capacidade mental do britânico para vencer o jogo. Mesmo em momentos difíceis da partida, ele não se abateu, continuou com seus golpes fortes com muita precisão e venceu a partida.

Imagem

Murray tentará seu segundo título de Grand Slam contra Djokovic (Foto: Willian West/AFP)

Essa foi a primeira vitória de Murray sobre Federer em Grand Slams (ele havia perdido na Austrália, nos EUA e em Wimbledon, mas havia vencido na final das Olimpíadas de Londres). Essa também será sua sexta final de Grand Slam e ele tentará seu segundo título e o primeiro na Austrália após ter perdido na final em 2010 e 2011.

O jogo

O britânico Andy Murray começou o jogo de maneira muito agressiva. Tomando a atitude do jogo, Murray conseguiu neutralizar bem as ações do adversário, pressionando-o. Com isso, ele conseguiu uma importante quebra logo no terceiro game, conferindo uma vantagem de 3/1. Federer conseguia confirmar seus games com certa dificuldade, enquanto Murray com um saque muito potente confirmava seu saque com maior facilidade. Dessa forma, o britânico apenas confirmou sua vantagem para fechar o set em 6/4.

No segundo set, Federer cresceu, mas Murray se mantinha muito bem. Federer se tornou mais agressivo, arriscou o saque e impunha mais dificuldades. Mas o número 3 do mundo se defendia muito bem e conseguia chegar em todas as bolas. Quando sacava também praticamente não errava e aproveitava para arriscar mais no serviço do adversário. Ele não se sentia pressionado quando precisou sacar para impedir a vitória do adversário. Com os dois tenistas praticamente em pé de igualdade, o jogo empatado em 6/6 foi para o tiebreak. No game decisivo, Murray cometeu três erros não forçados, deixou Federer abrir pequena vantagem e até empatou em 5-5, mas deu Federer. 7-5 no tiebreak e 7/6 no set para o suíço fechar o set e empatar a partida.

O jogo continuou muito parecido no início do terceiro set. Murray chegou a ter um break point, mas não conseguiu confirmar. Do outro lado Federer pressionava e dava a impressão de que poderia surpreender. Com 3/2 no placar a favor de Murray o britânico conseguiu neutralizar o saque do suíço entrando mais na quadra e conseguiu a quebra de saque para fazer 4/2 para, no game seguinte, fazer 5/2 no placar. Sacando muito bem, Murray confirmou o seu jogo em 6/3 para retomar a vantagem na partida.

No quarto set, os dois tenistas começaram oscilando bastante, mas foi Federer quem aproveitou. Murray teve a chance da quebra mas não aproveitou. Com 2/1 no placar, Federer foi para cima, aproveitou os erros do adversário para quebrar o serviço. Com a confirmação de seu saque no game seguinte o suíço abriu 4/1. Quando tudo parecia que estava a favor novamente do suíço, mais uma surpresa no jogo. Murray jogou com muita precisão, acelerando as bolas e devolveu a quebra de saque. Com 4/3 Federer, Murray sofreu, teve um break point contra, mas conseguiu confirmar o serviço para empatar o set em 4/4. Com a igualdade em 5/5, Murray conseguiu uma quebra para fazer 6/5 e sacar para a partida. Mas veio novamente a surpresa. Federer jogou tudo no game, sendo agressivo e não errando para empatar em 6/6 e levar o jogo para o tiebreak. Federer fez 7-2 e levou o jogo para o quinto set.

No quinto set, Federer diminuiu a intensidade e Murray aproveitou a brecha para partir para cima. Com isso, o britânico logo conseguiu uma quebra de saque no segundo game e abriu 3/0. Murray apenas administrou a vantagem, aproveitou que o suíço não manteve seu melhor tênis e com 5/2, o britânico quebrou novamente o saque para fechar em 6/2.

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 25 de janeiro de 2013, em Tênis e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: