Winter X-Games – Segundo dia de competições


por Brunno Panosso e Getulio Xavier

No segundo dia de competições nos Winter X-Games, David Wise e Torsten Horgmo saem vitoriosos. Confira os resultados:

Show de David Wise na Final do Ski Superpipe Masculino

Nenhuma surpresa na final do ski superpipe, David Wise levou o bicampeonato na competição em um verdadeiro show. Voando alto, logo na sua primeira volta, Wise mostrou um domínio gigantesco frente aos rivais de disputa, a primeira manobra do americano foi um inédito “back to back double cork 1260 mute grab”, garantindo um incrível 94.33, que não foi sua maior nota, na segunda volta, Wise aumentou para um 95.66 que garantiu o ouro para o americano.

David Wise voa alto para garantir o ouro (Foto: Aspen Daily News)

David Wise voa alto para garantir o ouro (Foto: Aspen Daily News)

Embora Wise tenha dominado a competição, Torin Yater Wallace, competidor de Aspen, e Simon Dumont, dono de outras duas medalhas de ouro nos X-Games, também levaram a torcida a loucura em Aspen, com muita amplitude e arrojo nas manobras. O local Torin Yater fez uma segunda volta incrível, com uma sequência de um “double cork 1260”, um “alley oop double flat spin 1260” e um “1080 switch”, mas não o suficiente para conquistar a medalha de ouro, prata para ele. O bronze ficou com Simon Dumont, que superou uma lesão nos pulsos e fez a volta sem os bastões, o experiente bicampeão dos X-Games andou muito bem e garantiu o bronze na última volta.

Em disputa apertada, Torstein Horgmo conquista o ouro no Snowboard Big Air

Com pontuação máxima na segunda volta, Horgmo fica com o ouro no big air (Foto: Allen Kee / ESPN Images)

Com pontuação máxima na segunda volta, Horgmo fica com o ouro no big air (Foto: Allen Kee / ESPN Images)

Após uma verdadeira batalha, cheia de manobras espetaculares e uma pontuação identica, o norueguês Torstein Horgmo faturou a medalha de ouro no big air do snowboard, sua sexta medalha na carreira, antes foi campeão em 2011 e 2008 e vice nas edições de 2009, 2010 e 2012.

A medalha conquistada pelo norueguês teve sabor de revanche, foi conquistada em cima do detentor do título, o canadense Mark McMorris, que no ano passado tirou o ouro de Horgmo na última volta da competição; e foi conquistada da mesma maneira. Faltando pouco tempo para o fim da competição, Horgmo encaixou um espetacular “switch backside triple cork 1440”, que lhe garantiu um perfeito 50 na pontuação da segunda volta, mas a nota perfeita não era garantia da medalha, ainda tinha a volta final de McMorris e o canadense de 19 anos, encaixou outra manobra inédita, um “cab triple underflip 1440”, que garantiu o 48 na volta para o canadense e um empate em 94 pontos entre ele e Horgmo, mas não tirou o ouro do norueguês, já que o desempate é feito com a nota da segunda volta.

Louis-Felix Paradis vence com folga o Snowboard Street

Da esquerda para a direita, Dylan Alito, Paradis, and Dylan Thompson (Foto: Ryan “Huggy” Hughes)

Da esquerda para a direita, Dylan Alito, Paradis, and Dylan Thompson (Foto: Ryan “Huggy” Hughes)

No início da noite de sexta-feira (25), o Snowboard Street tomou conta das pistas de Aspen, abrindo a série de quatro finais do segundo dia de provas no X-Games. Com uma grande pista e seis atletas do melhor nível competindo nesta prova o show de manobras era certo.

Na final, o pódio da edição anterior ficou quase todo de fora, a não ser pelo medalhista de prata em 2012, Ryan Paul. Quem o acompanhou na final foram Dylan Alito, Louis-Felix Paradis, Jaeger Bailey, Dylan Thompson e Dan Brisse.

O grande campeão, Louis-Felix Paradis garantiu a liderança desde a primeira descida e segurou ela até o final com uma boa sequencia de manobras usando o corrimão e se arriscando bastante. A prata ficou com Dylan Alito que seguiu uma linha diferente de todos, buscando as partes menos usadas da pista, se diferenciando dos demais. Garantindo o bronze e completando o pódio Dylan Thompson fechou a noite de street em Aspen.

Maddie Bowman garante o ouro e a nova rainha do Ski Superpipe

Da esquerda para direita, Roz Groenewoud, Maddie Bowman, Megan Gunning (Foto: Freeskier / Divulgação)

Da esquerda para direita, Roz Groenewoud, Maddie Bowman, Megan Gunning (Foto: Freeskier / Divulgação)

No Ski Superpipe Feminino a disputa do ouro foi definida ponto a ponto pelas competidoras Maddie Bowman e Roz Groenewoud, a primeira acertou boas manobras e ainda garantiu uma boa amplitude nos saltos, já a segunda pecou na primeira volta e deixou o primeiro lugar escapar, garantindo a prata em uma segunda volta incrível e com amplitude muito acima da média das outras competidoras. Para completar o pódio Megan Gunning fez boas voltas, mas não alcançou uma grande amplitude, por isso ficou atrás de Maddie e Roz.

Anúncios

Publicado em 26 de janeiro de 2013, em Especiais, X-Games e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: