Juventus mostra eficiência e vence o Celtic por 3 a 0, nas oitavas da Champions League


por Paulo Semicek

Fora de casa, a Juventus venceu o Celtic por 3 a 0, no jogo de ida das oitavas de final da Champions League. Matri, Marchisio e Vucinic marcaram os gols da Vecchia Signora. A vitória também quebrou um tabu de 44 anos sem que equipes italianas vencessem o Celtic no seu estádio, em Glasgow. O próximo está marcado para o dia 6 de março, na Arena Juventus, em Turim.

Marchisio participou dos três gols da Juventus em Glasgow (Foto: Getty Images)

Marchisio participou dos três gols da Juventus em Glasgow. (Foto: Getty Images)

Um gol e muita marcação no primeiro tempo

A partida começou com equilíbrio entre as duas equipes, conhecidas pela boa marcação. Mas foi a Juve quem conseguiu ir além disso, logo aos três minutos. Após uma boa jogada de Peluso, Matri deu um toque curto para o gol. A bola cruzou a linha, o zagueiro tirou e Marchisio estufou as redes, mas o gol foi dado para Matri.

A partir daí, o que se seguiu foi duelo de times bem postados na defesa, mas só o Celtic tinha a responsabilidade de reagir em sua própria casa. A saída foi tentar as bolas aéreas, aproveitando a presença do centroavante Commons para marcar. Ele quase fez um gol de bicicleta, mas não passou muito disso; a ausência do grego Samaras no ataque fez os escoceses perderem força ofensiva.

A Juventus apenas se defendia bem e arriscava um contra-ataque vez ou outra. Sempre passando pelos pés de Pirlo, faltou aos italianos um bom dia de Vidal em campo, e essa falta não serviu para abastecer o ataque no primeiro tempo. Marchisio acabou sobrecarregado com isso. Mesmo assim, a Juve levou bem o placar favorável para o intervalo.

Eficiência bianconera

O começo do segundo tempo foi uma continuidade do primeiro, com o Celtic propondo um jogo mais ofensivo. Novamente, a saída era o jogo aéreo, alternando com jogadas pelo lados. Buffon até que teve algum trabalho na etapa final, mas os donos da casa, sob o olhar do cantor e torcedor Rod Stewart, não exerciam uma pressão na zaga adversária. A Juve conseguia ainda sair para o jogo e buscar o contra-ataque.

E foi com essa tática, que tanto funcionou até o momento na competição, que a Juventus resolveu o jogo. Aos 31 minutos, Marchisio deu um belo corte no capitão celta Scott Brown, e bateu cruzado para fazer o segundo gol dos visitantes. Foi o gol que coroou a eficiênca técnica e tática da Juventus, e fez o time do Celtic perder as esperanças de uma reação.

Mas havia ainda o golpe final. Aos 37, Marchisio achou Vucinic livre na área, para estufar a rede escocesa e fechar a conta em 3 a 0. Os três gols praticamente asseguram a vaga italiana nas quartas de final da Champions League.

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 12 de fevereiro de 2013, em Futebol Internacional e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: