Nadal disputa Brasil Open para retomar a hegemonia e a boa forma no tênis


 por Renan Araujo 

O espanhol Rafael Nadal iniciou a disputa do Brasil Open na última terça-feira na primeira rodada de duplas quando venceu, ao lado do argentino David Nalbandian, os espanhóis Pablo Andujar e Guillermo García-López por 2×1, com parciais de 6/3, 3/6 e 11-9. Já na segunda rodada, ele preferiu desistir da disputa para se poupar para a chave de simples, na qual estreia na quinta-feira contra o brasileiro João Souza, o Feijão. A disputa do Brasil Open acontece no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, entre os dias 11 e 17 de fevereiro.

Imagem

Nadal conquistou o Brasil Open em 2005, quando era um tenista iniciante e agora está de volta ao país (Foto: João Pires / Fotojump)

Nadal se poupou já que pretende disputar a chave de simples em alto nível após se recuperar de uma grave contusão no joelho esquerdo, que o deixou de fora por quase oito meses (sua última partida foi em Wimbledon em 28 de junho quando perdeu na segunda rodada para o tcheco Lukas Rosol). Desde então, passou por um grande período de recuperação e até ensaiou um retorno ao Aberto da Austrália, mas sem sucesso.

O espanhol atual número 5 do mundo voltou às quadras de tênis na semana passada no torneio de Viña Del Mar no Chile na semana passada e venceu três jogos até chegar à decisão contra o argentino Horacio Zeballos. A derrota foi apenas a 20ª do tenista no saibro, mesmo piso onde está sendo disputado o Brasil Open.

Essa será a segunda vez do tenista no Brasil. Em 2005, quando tinha 18 anos e era um tenista iniciante ele venceu o torneio da Costa do Sauípe, o segundo de sua carreira. Agora, muito mais experiente e vencedor, ele chega ao Brasil como forma de se recuperar do período longe das quadras e diz que não pensa no título da competição.

A participação do espanhol foi assegurada por meio de uma alta compensação financeira (cerca de US$1,2 milhão), já que a presença do atual número 5 do mundo não é obrigatória em torneios de ATP 250 para tenistas de ponta como Nadal. Além disso, caso saia vencedor, Nadal também fatura US$ 455 mil. A alta quantia é exigida por conta dos patrocinadores a mais e do maior número de ingressos que a vinda de Nadal possibilita ao torneio. Para se ter uma idéia, o ingresso que saia por cerca de R$50 foi vendido a R$150, quando a presença do espanhol foi confirmada.

O fato é que a presença de Nadal dará uma atenção especial ao torneio que acontece no Brasil e que conta com as presenças de outros nomes importantes do circuito mundial como Juan Monaco, número 12 do mundo, Nicolas Almagro, número 11,Jeremy Chardy, número 32, Thomaz Belucci, número 33 e David Nalbandian, número 86 no ranking da ATP, entre outros.

História do torneio

O Brasil Open é um torneio que começou em 2001 e logo na primeira edição contou com a participação de Gustavo Kuerten na Costa do Sauipe na Bahia. Em 2001, o torneio contou com a presença do holandês Sjeng Schalken, que havia chagado à semifinal do US Open na semana anterior. O torneio também contou com o primeiro título de Guga ao lado da torcida brasileira. Depois outros grandes tenistas compareceram ao torneio como o alemão Rainer Schuettler, o chileno Fernando González, o espanhol Carlos Moyá, o francês Richard Gasquet, o espanhol Juan Carlos Ferrero e o chileno Nicolas Massú.

2004 contou com o bicampeonato do torneio de Gustavo Kuerten e 2005 teve como campeão o agora celebrado Rafael Nadal. Os torneios se tornaram muito disputados e a cada ano um tenista diferente se sagrava vencedor. A edição de 2008 ficou marcada principalmente por conta da despedida oficial de Guga das quadras após perder para o argentino Carlos Berlocq na estreia.

Em 2009, Belucci chegou à sua primeira final de ATP na carreira, mas acabou perdendo para o espanhol Tommy Robredo. A primeira vez em que o torneio foi disputado em São Paulo foi em 2012, quando 45 mil pessoas acompanharam as partidas. Nesse ano, Nicolas Almagro consolidou seu domínio no Brasil ao ganhar o título pela terceira vez. Ele também consolidou a hegemonia da Espanha, que ganhou o título no Brasil nos últimos cinco anos e tem seis títulos no total.

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 13 de fevereiro de 2013, em Tênis e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: