Com hat-trick de Bernard, Atlético Mineiro goleia o Arsenal de Sarandí fora de casa


por Vinicius Silva

Arsenal de Sarandí e Atlético Mineiro se enfrentaram nesta terça (26) em jogo válido pela segunda rodada do Grupo 3 da Taça Bridgestone Libertadores. O Galo, que não vencia como visitante na competição há 31 anos, tomou um susto no início, mas se recuperou e goleou pelo placar de 5×2. Furch foi quem abriu o marcador para os donos da casa, enquanto Bernard (três vezes), Jô e Diego Tardelli viraram o placar para a felicidade dos atleticanos que viajaram para a Argentina. No fim, Ronaldinho ainda desperdiçou uma penalidade máxima, porém, nada que estragasse a grande vitória na primeira partida como visitante na Libertadores.

Bernard esteve em noite inspirada e marcou três na goleada do Galo (Foto: AFP)

Bernard, em noite inspirada, marcou três na goleada do Galo (Foto: AFP)

Com o resultado, o Galo se isolou na liderança do Grupo 3 com seis pontos ganhos. Enquanto isso, o Arsenal está na lanterna com suas duas derrotas e nenhum ponto ganho. Nesta quinta-feira, o São Paulo encara o The Strongest no Morumbi e fecha essa segunda rodada. As duas equipes irão voltar à campo pela Libertadores apenas no dia 7 de março, quando os argentinos visitam o tricolor paulista e os mineiros receberão os bolivianos.

Galo toma susto no começo, mas se recupera
O primeiro tempo foi movimentado. Logo com um minuto, os donos da casa abriram o placar. A zaga atleticana ficou aberta e Furch aproveitou para receber a bola, invadir a área e finalizar no canto direito do gol. Mas não demorou muito para o empate sair. Aos 7, Ronaldinho Gaúcho fez belo passe para Bernard chutar cruzado na saída do goleiro. O jogo ficou igual e com o meio campo aberto, o que resultava em um grande número de jogadas ofensivas das duas equipes. Porém, o número de erros também era grande e somente aos 26 que o Arsenal conseguiu criar uma boa oportunidade. Benedetto cabeceou após o cruzamento e mandou a bola para rede, mas o árbitro assinalou um empurrão do jogador argentino sobre Leonardo Silva e anulou o tento.

E foi o Galo quem marcou três minutos depois. Jô tocou em profundidade para Leandro Donizete, que rolou para Diego Tardelli aparecer no meio da área, marcar o primeiro gol após sua volta ao clube e virar a partida. Com a vantagem, o time mineiro avançou a marcação e passou a pressionar mais a saída de bola dos argentinos. A pressão deu certa e o time comandado por Cuca ampliou o marcador. Junior Cesar cruzou da esquerda e Jô completou de primeira. Porém, mesmo com o placar adverso, o time de Sarandí não desistiu. Primeiramente, Carbonero arriscou de longe, mas a bola foi pela linha de fundo. Alguns minutos depois, em bela cobrança de falta, Aguirre acertou o ângulo de Victor e descontou. Bernard ainda teve a chance de anotar o quarto após dar o drible da vaca no defensor, mas o chute colocado saiu para fora.

Bernard brilha e constrói a goleada mineira

O Arsenal voltou com a iniciativa de buscar o empate e esboçou uma pressão. Marcone chegou perto de marcar em um chute de longa distância, mas Victor espalmou para escanteio. Depois disso, o Galo chegou duas vezes ao ataque. Na primeira, Jô finalizou para fora e na segunda, o lateral Nervos falhou e Bernard aproveitou para marcar o quarto tento alvi-negro e dar tranquilidade ao time na segunda etapa. A vantagem ainda aumentou aos 13, quando Ronaldinho fez bom lançamento para Jô, que finalizou. Campestrini rebateu e Bernard, oportunista, anotou seu terceiro gol na partida. O Arsenal desistiu do jogo, e restou ao Atlético manter a tranquilidade. Ainda no final da partida, Ronaldinho e Luan também tiveram chances de ampliar a goleada. Enquanto o R10 cobrou o pênalti sofrido por ele mesmo e carimbou o travessão, Luan arriscou uma bomba nos acréscimos, mas o arremate foi salvo pelo zagueiro em cima da linha.

Ficha Técnica
Arsenal 2 x 5 Atlético Mineiro 

Data: 26/2/2013
Estádio: Julio Grondona, em Avellaneda (ARG)
Gols: Furch (1’), Bernard (7’) (53’) (58’), Diego Tardelli (28’), Jô (35’), Aguirre (41’)
Árbitro: Martin Vazquez (URU)
Auxiliares: Miguel A. Nievas e Carlos Changalas (URU)
Cartões amarelos: Junior Cesar (Atlético)

Arsenal: Campestrini; Nervo, López, Cuesta e Braghieri; Ortiz (Casais), Marcone, Carbonero e Aguirre (Rolle); Benedetto (Celiz)e Furch. Técnico: Gustavo Alfaro.

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Junior Cesar; Pierre (Gilberto Silva), Leandro Donizete, Ronaldinho e Bernard (Luan); Diego Tardelli (Richarlyson) e Jô. Técnico: Cuca.

Anúncios

Publicado em 27 de fevereiro de 2013, em Libertadores 2013 e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: