Fluminense começa em desvantagem, mas consegue a virada sobre o Huachipato


por Jordan Marciano

O Fluminense se recuperou da derrota para o Grêmio na última rodada e venceu de virada a partida contra o clube chileno do Huachipato, fora de casa, na noite desta quarta-feira (27). Os donos da casa saíram na frente com Braian Rodriguez. Porém, o tricolor carioca acordou na partida e alcançou a virada com os gols de Wellington Nem e Wagner. A outra partida da segunda rodada do grupo 8 entre Grêmio e Caracas ocorrerá na terça-feira (05), na Arena do Grêmio.

(Tricolor começa mal, porém melhora e sai do Chile com os três pontos)

Tricolor começa mal, porém melhora e sai do Chile com os três pontos. (Foto: Reuters)

Fluzão não consegue sair jogando e termina a primeira etapa em desvantagem

A partida começou com pouca qualidade técnica das equipes, pois ambas abusavam de passes errados no meio de campo. O time chileno aproveitava o apoio da torcida e buscava impor seu estilo no gramado, o que causou pressão na saída de bola do Fluzão. Porém, os visitantes encaixaram uma boa investida contra o adversário na marca de 8 minutos, quando Fred recebeu o passe de Nem e finalizou por cima da meta de Nery Veloso.

Após a jogada, o Huachipato tentou melhorar a troca de passes, mas as melhores alternativas ocorriam em bolas aéreas, as quais eram neutralizadas pela defesa do tricolor. Logo aos 20, o clube da casa fez substituição. Enquanto isso, a equipe de Abel Braga demonstrava problemas na criação de ataques, o que deixou o adversário com o controle das ações e maiores chances de ter vantagem no marcador.

Por volta dos 36 minutos, os cariocas perderam a melhor oportunidade de fazer 1 a 0 na partida. Jean acertou um lançamento na direção de Thiago Neves, que tocou dentro da área, onde havia dois atletas tricolores prontos para mandar a bola na rede. Quem recebeu foi Wellington Nem, que sem marcação e o gol escancarado, jogou a redonda no poste de Veloso. Como o Fluzão desperdiçou a chance, os chilenos deram o troco na marca de 45 minutos. Crovetto lançou dentro da área brasileira, Braian Rodriguez teve boa movimentação, se adiantou contra a zaga e mandou para o fundo das redes (1-0).

Time chileno volta desconcentrado e Fluminense aproveita para virar a partida

Mal havia rolado a bola na segunda metade e o Fluzão mostrou que tinha voltado do vestiário com um futebol mais ofensivo. No primeiro minuto, Fred recebeu de Nem e acionou Thiago Neves na esquerda. O meia bateu cruzado e a bola saiu do lado das traves chilenas. Mas os donos da casa chegaram contra o gol de Diego Cavalieri aos 7, quando uma falta foi cobrada pela direita e Muñoz desviou de cabeça, a bola foi por cima do gol brasileiro.

Quando o relógio atingiu os 14 minutos, Nem correu pela direita e jogou para Fred. O atacante estava em ótimas condições de empatar, mas Veloso saiu de forma responsável e evitou o chute do camisa 9. O Fluzão cresceu no confronto e aos 19, Gum levantou na área adversária e Fred tocou de cabeça na linha de fundo. Aos 21, o tricolor deixou tudo equilibrado no Chile, Carlinhos cruzou do lado esquerdo, Fred ajeitou com o peito na direção de Nem, que chutou de primeira e não deu chances para Nery Veloso (1-1).

O time de Abel Braga estava melhor postado no campo e não tinha mais problemas com a saída de bola e a qualidade de passes.  Com isso, Wagner entrou no lugar de Deco e, aos 31 minutos, aproveitou a falha da zaga adversária e chutou firme nas redes chilenas (1-2). Aos 40, Wagner bateu escanteio na esquerda e Rhayner finalizou na trave. O Huachipato tentou, mas o Fluminense se defendeu e mudou a sua tática para o estilo de jogo no contra ataque, o que definiu o resultado em favor dos brasileiros.

FICHA TÉCNICA
HUACHIPATO-CHI 1 X 2 FLUMINENSE-BRA

Local: Estádio CAP, em Talcahuano (Chile)
Data: 27 de fevereiro de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 22 horas(de Brasília)
Árbitro: Saúl Laverni (Argentina)
Assistentes: Juan Belatti (Argentina) e Iván Núnez (Argentina)
Cartões amarelos: Carlos Labrín e Lorenzo Reyes (Huachipato); Deco e Carlinhos (Fluminense)

GOLS: HUACHIPATO: Braian Rodríguez, aos 45min do primeiro tempo
FLUMINENSE: Wellington Nem, aos 21min do segundo tempo; Wagner, aos 31min do segundo tempo

HUACHIPATO: Nery Veloso; José Contreras, Claudio Muñoz, Carlos Labrín e Nicolás Crovetto; Gabriel Sandoval, Lorenzo Reyes, Nicolás Núñez (Felipe Reynero), Francisco Arrué (Daniel González); Federico Falcone (David Llanos) e Braian Rodríguez
Técnico: Jorge Pellicer

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Leandro Euzébio (Rhayner) e Carlinhos; Edinho, Jean e Deco (Wagner); Thiago Neves (Anderson), Wellington Nem e Fred.
Técnico: Abel Braga

 

 

Anúncios

Publicado em 28 de fevereiro de 2013, em Futebol Nacional, Libertadores 2013 e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: