Time B do São Paulo faz dois a zero em cima do Penapolense


por Raphaela Viscardi

São Paulo e Penapolense se enfrentaram na tarde deste domingo, em Penápolis, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. Ney Franco poupou os titulares por conta da sequência de jogos na Libertadores. Já o grande nome do time do interior foi o do técnico Pintado, quem fez história no tricolor paulista. O Penapolense não cedeu ao favoritismo do São Paulo e pressionou muito, contudo a baixa qualidade técnica impediu a vitória. Rhodolfo e Ademilson foram os responsáveis pela vitória são paulina. No próximo domingo, o São Paulo recebe o Palmeiras em tarde de clássico no Morumbi. Já o Penapolense, recebe o Paulista, no sábado a noite.
sao paulo

São Paulo abre o placar; Penapolense pressiona

Jogo histórico para o Penapolense. Primeiro time grande jogando em Penápolis, além da estreia do técnico e ex-craque são paulino Pintado. Com apenas quatro minutos de jogo, o São Paulo mostrou o favoritismo em campo. Ademílson sofreu falta. Na cobrança, Carleto jogou na grande área e Rhodolfo achou espaço na defesa para completar.  O gol acordou o time da casa e a partir dai passou a dominar a partida. Aos 13 minutos, a bola passou por cima do travessão.  Em seguida, em outras duas chegadas de perigo, a trave salvou o São Paulo. Aos 37, foi a vez de Denis evitar o gol de empate. Rodrigo Biro armou contra-ataque, passou a bola por baixo das pernas de João Filipe e chutou colocado no gol, mas o goleiro ficou com a bola.  Apesar de ir para o vestiário perdendo, o Penapolense foi melhor que o São Paulo na primeira etapa.

São Paulo amplia

 A segunda etapa começou bem movimentada, com ambos os times indo para cima. Aos quatro minutos, o Penapolense quase empatou em uma cobrança de falta. Quatro minutos  depois,  pelo lado do tricolor,  Ademilson soltou uma bomba no travessão.  O time de Pintado não deu folga para a defesa.  14 finalizações contra 5 do São Paulo, mas a qualidade técnica do tricolor falou mais alto. Aos 24, Ademilson aumentou a vantagem. O atacante arriscou chute de fora da área, o goleiro se atrapalhou e a bola parou no fundo do gol.  Depois do segundo gol do São Paulo, o Penapolense diminuiu o ritmo de jogo e pareceu conformado com a derrota. A falta de um jogador de referência na frente foi o que fez o time pecar na hora da finalização. No entanto, nos minutos finais, a falta de pontaria também prevaleceu. Fernando mandou mais uma bola no travessão. 

Anúncios

Publicado em 3 de março de 2013, em Campeonato Paulista 2013 e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: