Especial Final Four: Wichita State


por Lucas Vian

Na primeira edição sobre os times do Final Four, a semi final, do March Madness, a reta final da liga americana de basquete universitário, o Jornaleiros do Esporte traz uma review sobre a equipe do Wichita State Shockers.

wistshoc

História
Fundada em 1895, a Wichita State University é localizada na cidade de Wichita, no estado do Kansas, no centro dos Estados Unidos. A universidade possui mais tradição no beisebol do que no basquete ou futebol americano. Eles venceram o circuito universitário em 1989 e ficaram com o segundo lugar em 1982, 1991 e 1993.

Entre os jogadores que já começaram em Wichita State e foram para a NBA está o grande nome do Seattle SuperSonics, Xavier McDaniel, que atuou pelo Shockers de 1981 a 1985. McDaniel foi o principal nome revelado pela universidade. Entre os outros jogadores está Cliff Levingston, que atuou entre 1979 e 1982 e foi duas vezes campeão da NBA pelo Chicago Bulls; Nate Bowman, que atuou entre 1962 e 1965, e foi campeão da temporada 1969-70 pelo New York Knicks; e John Cooper, que atuou de 1987 a 1991 e hoje é head coach do time de basquete de Miami (OH) na NCAA.

Xavier McDaniel foi o principal nome revelado por Wichita State. (Foto: Acervo/Wichita State)

Xavier McDaniel foi o principal nome revelado por Wichita State. (Foto: Acervo/Wichita State)

Temporada 2012-13
O Shockers terminou a temporada regular com 26 vitórias e apenas 6 derrotas. Sendo a maior vitória delas diante de Tulsa, em casa, por 86-60, e a maior derrota foi para Creighton, fora de casa, por 91-79. A equipe terminou com a 9ª colocação para o March Madness.

No March Madness, Wichita St. passou pela segunda fase por Pittsburgh, vencendo por 73-55. Na terceira fase surpreendeu eliminando a forte Gonzaga por 76-70. No Sweet 16 eliminou a sensação La Salle por 72-58. E no Elite 8, garantiu a Final 4 eliminando a forte Ohio State por 70-66.

Elenco
O principal nome da temporada regular da equipe do Shockers foi Cleanthony Early, com uma média de 13,7 pontos por partida e 5,3 rebotes. Seguido de Carl Hall e Malcolm Armstead, ambos com uma média de mais de 10 pontos por jogo.

Malcolm Armstead é um dos principais nomes atuais de Wichita State. (Foto: USA Today)

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 2 de abril de 2013, em Basquete e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: