TUF Brasil 2: Com provocações e brincadeiras, Time Werdum segue em vantagem


por Jordan Marciano

Durante o 4º episódio do The Ultimate Fighter Brasil 2, exibido neste domingo (07), o Time Nogueira não conseguiu a vitória no programa. Após imprevistos, Thiago “Jambo” foi escolhido para duelar contra Viscardi Andrade e recebeu um nocaute técnico nos minutos finais do primeiro assalto. Com isso, a Equipe de Werdum definiu mais um lutador de amarelo nas quartas-de-final da competição, mas precisou acertar as contas com Minotauro, após uma atitude que desagradou todos os integrantes do grupo Verde.

(Viscardi venceu, mas arrumou problemas com o treinador adversário\Foto: Divulgação UFC)

Viscardi venceu, mas arrumou problemas com o treinador adversário. (Foto: Reprodução/Globo)

O ambiente brincalhão contrastou com problemas físicos e de rivalidade entre os dois times, durante a semana. O time de Minotauro ainda contou com a presença do ex-campeão dos Pesados, Junior Cigano, na tentativa de apoiar a equipe para reverter a desvantagem no Reality Show.

Mão de Yan Cabral

Primeiramente, o clima foi de tristeza na equipe Werdum, pois após vencer a sua eliminatória, o integrante do Time Amarelo, Yan Cabral, recebeu a confirmação de uma fratura na mão direita. Por decisão do UFC, o atleta precisou sair da casa. Daniel “Gelo” Oliveira, que perdeu para Márcio “Pedra” nas eliminatórias, foi o lutador escolhido por Dana White ao retorno do programa.

Escolha do duelo, lesão no time Nogueira e provocações

O time Nogueira ganhou o direito de escolher a luta a partir de um desafio de empurrar carros na pista de Interlagos. A luta foi casada entre os meio-médios Viscardi Andrade e Neilson Gomes, mas o Jagunço sentiu uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e, sem condições de andar, recebeu laudo médico de que não teria capacidade de seguir no programa. Com isso, White permitiu que Thiago “Jambo” fizesse o duelo contra Viscardi. A situação ficou mais tensa durante a pesagem, pois Werdum proferiu palavras provocativas, na busca de abalar o psicológico do novo desafiante selecionado.

A luta

No primeiro Round, Jambo dominou o centro do octógono e mostrou superioridade durante os primeiros 30 segundos de luta. Em um começo de bastante estudo, o atleta achou uma oportunidade, se esquivou de um soco e levou o combate ao solo.

Sem garantir o “Ground and Pound” eficiente, o lutador de Nogueira permitiu que Viscardi se movimentasse perto da grade e conseguisse ficar de pé. Porém, Jambo tinha bons cruzados de esquerda e seguiu com golpes mais contundentes. Com a luta em pé, o atleta comandado por Werdum, que tinha o Round dado como perdido, encaixou uma boa sequência de socos que derrubaram Jambo e obrigaram o árbitro Mario Yamasaki a interromper a luta no fim do primeiro assalto.

Não bastasse a vitória e a vaga nas quartas-de-final, Viscardi se virou contra o técnico adversário, Minotauro, e fez mais provocações. O comandante verde respondeu com palavrões e as equipes precisaram de uma conversa séria para resolver o assunto, na qual Werdum pediu desculpas para Minotauro em nome de sua equipe.

“Eu acho que ele (Viscardi Andrade) começou de uma forma muito má, achando que poderia se promover, falando mal alguma coisa do Rodrigo”, opinou Cigano.

Anúncios

Publicado em 8 de abril de 2013, em Lutas e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: