Na NBA, Knicks e Spurs ficam a um jogo da próxima fase


por Lucas Vian

Nos playoffs da NBA, as equipes do New York Knicks e San Antonio Spurs ficam a uma vitória de se classificarem para a próxima fase. Golden State Warriors também venceu esboçando uma reação.

Gasol (esq.) e Duncan (dir.) foram bem na partida, mas o virginiano levou a melhor. (Foto: Reuters)

San Antonio Spurs 120 – 89 Los Angeles Lakers (Jogo 3)
Jogando em Los Angeles, Spurs atropela Lakers por mais de 30 pontos e lidera a série em 3-0. O capitão Tim Duncan, da equipe texana, foi o cestinha da partida com 26 pontos. Outro destaque da equipe vencedora foi o francês Tony Parker com 20 pontos e 7 assistências. Pela equipe californiana, o cestinha foi Dwight Howard com 25 pontos. O espanhol Pau Gasol também se destacou pela equipe de LA com um triple-double de 11 pontos, 13 rebotes e 10 assistências.

New York Knicks 90 – 76 Boston Celtics (Jogo 3)
No outro clássico de conferência do dia, Knicks vence e continua liderando a série em 3-0. Carmelo Anthony, da equipe nova-iorquina, foi o cestinha da partida com 26 pontos. Outro destaque do Knicks foi Raymond Felton com um double-double de 15 pontos e 10 assistências. Pelo Celtics, o cestinha foi o novato Jeff Green com 21 pontos. O veterano Kevin Garnett também se destacou com um double-double de 12 pontos e 17 rebotes.

Golden State Warriors 110 – 108 Denver Nuggets (Jogo 3)
Warriors reage, vence em casa, e vira a série em 2-1. Apesar da derrota, Ty Lawson, do Nuggets, foi o cestinha da partida com 35 pontos. Ele ainda fez um double-double com mais 10 assistências. O novato Kenneth Faried também se destacou pela equipe do Colorado, ele fez 15 pontos e 7 rebotes. Pelo Warriors, o cestinha foi Stephen Curry com 29 pontos, além de fazer um double-double com mais 11 rebotes. Outro destaque da equipe californiana foi Jarrett Jack com 23 pontos e 7 assistências.

Opinião do Jornaleiro
As equipes do San Antonio Spurs e New York Knicks já estavam com a vitória praticamente garantida após a lesão do principal nome de seus adversários. Rajon Rondo e Kobe Bryant fariam uma enorme diferença na série, e a ausência facilitou muito para o oponente. A reação do Golden State Warriors mostra como o Nuggets é ainda dependente de Andre Iguodala, além de simbolizar a falta que o italiano Danilo Gallinari faz na equipe, que com certeza iria fazer a diferença na série.
Melhor do dia: virginiano/americano Tim Duncan, do San Antonio Spurs.

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 27 de abril de 2013, em Basquete e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: