Santos sofre, mas vence o Palmeiras nos pênaltis e vai à semifinal


por Vinicius Silva

Santos e Palmeiras deram o pontapé inicial para a fase decisiva do Paulistão 2013. Em partida válida pelas quartas de finais, o Peixe empatou com Porco por 1×1. Com os gols de Cícero e Kléber, a partida foi para os pênaltis e o time da Vila levou a melhor depois de grande atuação do goleiro Rafael, que pegou dois pênaltis. Agora a equipe alvi negra espera o vencedor de Mogi Mirim e Botafogo-SP para conhecer seu adversário da semifinal, enquanto os alvi verdes focam apenas na Libertadores.


Santos comanda o ritmo da primeira etapa
Foram os visitantes quem assustaram primeiro na partida. A bola sobrou na intermediária para Leandro, que driblou Neymar e mandou uma bomba para Rafael espalmar. O jogo estava aberto e as duas equipes conseguiam criar chances de gol. Aos 10, Vinicius tabelou com Charles, invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro. Seu companheiro de ataque, Leandro, desviou levemente e viu a bola tirando tinta da trave.
No minuto seguinte foi a vez de Arouca e Montillo tabelarem, mas no cruzamento do volante a bola foi em direção ao gol. O lance se complicou, mas Bruno ainda conseguiu dar um tapa pra escanteio.
Porém, foi desse mesmo escanteio que o primeiro gol saiu. Montillo cobrou e Neymar conseguiu dominar e finalizar. No meio do caminho, Cícero completou e mandou a pelota para o fundo das redes. Com a desvantagem, o Porco se retraiu e o Peixe se animou ainda mais. Aos 13, Neymar tirou Ayrton e Henrique da jogada e soltou um foguete, mas Marcelo Oliveira salvou antes de André completar para o gol de Bruno. O jogo diminuiu de intensidade e, aos poucos, o Palmeiras foi se recuperando em campo, chegando ao ataque sem muita ambição.
O Santos voltou a crescer no final do primeiro tempo. Com 37 no cronômetro, o zagueiro Edu Dracena foi para o ataque, ficou com a sobra da pelota e soltou uma bomba. Bruno espalmou e a bola ainda carimbou o travessão antes de sair pela linha de fundo. Três minutos depois, Neymar foi quem finalizou forte para outra intervenção do arqueiro palmeirense.

Palmeiras parte pra cima e consegue os pênaltis
No intervalo, o técnico Gilson Kleina abriu mão de Léo Gago, volante, para colocar Kléber se juntar a dupla de ataque composta por Vinicius e Leandro. O Porco se abriu totalmente, passando a ter uma postura muito ofensiva. Enquanto isso, o time comandado por Muricy Ramalho esperava a oportunidade de ampliar a vantagem no contra ataque. E com 10 minutos, essa oportunidade apareceu. Cícero, livre, arrancou pela direita e tocou para Neymar completar para o gol, mas Bruno se recuperou e fez grande intervenção. Aos 14, Leandro foi lançado e driblou o goleiro santista, mas Léo conseguiu salvar no momento do arremate do atacante palmeirense.
Com as mudanças, a equipe alvi verde começou a trocar passes na intermediária do campo, mas não produzia nenhuma jogada ofensiva perigosa. Já o Peixe chegava pouco, mas assustava bastante. Aos 31, Maurício Ramos falhou e a bola sobrou para Miralles, que finalizou por cima. Três minutos depois, os donos da casa perderam um lance incrível. Neymar invadiu a área e chutou rasteiro para defesa de Bruno, que deu rebote para Miralles. O camisa 18 chutou em cima de Maurício Ramos e, na sequência, a zaga afastou o perigo. E como diz o ditado.. ‘’quem não faz, leva’’. Com 38 minutos, Souza fez boa jogada pela direita e cruzou na cabeça de Kléber, que testou para empatar o marcador.
Os dois times foram em busca da vitória, mas muito cautelosos para não errar e serem eliminados. Aos 42, Neymar fez boa jogada e chutou da entrada da área, mas a bola foi pra fora. A estrela santista voltou a assustar nos acréscimos, mas Bruno interviu muito bem e conseguiu levar a partida para os pênaltis.

Penalidades
Santos:                                                                        Palmeiras: 
                  Miralles – ACERTOU                                                       Kléber – ERROU
                  Cícero – ACERTOU                                                           Souza – ACERTOU
                  Montillo – ACERTOU                                                       Wesley – ACERTOU
                  Rêne Júnior – ACERTOU                                                Leandro – ERROU

Ficha Técnica:

Santos 1 x 1 Palmeiras
Local: Vila Belmiro, em Santos
Data/hora: 27/04/13, às 16h15 (de Brasília)
Árbitro:  Guilherme Ceretta de Lima, auxiliado por Alberto Poletto Masseira e Maria Nubia Ferreira Leite.
Cartões Amarelos: Renê Júnior, Neto (SAN)Henrique, Marcio Araújo e Wesley(PAL)

Santos: Rafael Cabral; Alan Santos (Neto), Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca (Marcos Assunção), Renê Júnior, Cícero e Montillo; Neymar e André (Miralles).Técnico: Muricy Ramalho.

Palmeiras: Bruno; Ayrton, Henrique, Maurício Ramos e Marcelo Oliveira; Márcio Araújo (Souza), Léo Gago (Kléber), Charles e Wesley; Leandro e Vinicius (Maikon Leite). Técnico: Gilson Kleina.

Anúncios

Publicado em 27 de abril de 2013, em Campeonato Paulista 2013 e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: