Boca Juniors joga melhor, é superior e vence Corinthians por 1 a 0


por Heron Torquato

Boca Juniors e Corinthians se enfrentaram ontem, 01, no La Bambonera em jogo válido pela primeira partida das oitavas de finais da Taça Libertadores da América. Desta vez, o Corinthians não conseguiu repetir o resultado do ano passado – quando empatou em 1 a 1, e perdeu para o Boca Juniors por 1 a 0, com gol de Blandi. Os dois times voltam a se enfrentar dia 15/05, no Pacaembu. O Boca Juniors agora joga por qualquer empate, se o Corinthians fizer 1 a 0 o jogo vai para a prorrogação, então os comandados de Tite precisam repetir o resultado do ano passado e vencer por 2 a 0 para passar de fase direto. 

Jogadores do Boca Juniors comemoram gol marcado por Blandi. (Foto: AFP)

Jogadores do Boca Juniors comemoram gol marcado por Blandi. (Foto: AFP)

Jogo nervoso e Boca Juniors melhor

Corinthians e Boca Juniors construíram uma rivalidade muito grande após a final da Libertadores do ano passado, que teve muita confusão, gol no fim e título inédito para o Corinthians, e quis o destino que ambos finalistas ano passado se enfrentassem mais cedo, nas oitavas de finais. 

O jogo começou com muita marcação de ambas as equipes, mas com o Boca Juniors, apoiado por sua torcida, pressionando o timão desde o primeiro minuto. Com Romarinho e Emerson Sheik jogando mais aberto, os comandados de Tite tentavam suas jogadas de ataques pelos lado do campo, mas a forte marcação argentina impediu as investidas com mais perigo do Corinthians, que chegou apenas duas vezes com chutes de fora da área de Paulinho e Danilo.

Já o Boca pressionava e mantinha mais a posse de bola, controlando o jogo, mas teve suas melhores chances com chutes de fora da área, já que quando passava com lançamentos pela defesa do Corinthians paravam em Cássio, e nas bolas paradas. 

Corinthians continua mal e Boca abre o placar

Mesmo sem criação no primeiro tempo, o Corinthians voltou sem modificação, no famoso, vitorioso mas também muito contestado 4-3-3. E logo no começo, com 6 minutos, Danilo sentiu uma lesão e pediu para ser substituído, Jorge Henrique foi o escolhido para entrar em campo. Se com um armador em campo estava difícil criar jogadas, sem Danilo ficou praticamente impossível. 

E após muito insistir em cruzamentos e chutes de fora da área, uma mescla dos dois resultou no gol de Blandi, que livre dentro da área abriu o placar para o time da casa aos 16 minutos. Depois de sofrer o gol, o Corinthians se lançou mais ao ataque, e dois minutos depois, após uma bola espirrada, Romarinho bateu de primeira e quase igualou a partida, mas Orion fez uma linda defesa. O lance motivou o Corinthians e assustou o Boca Juniors, e aos 24 minutos, Romarinho passou para Guerrero, que dominou e bateu, mas a bola caprichosamente acertou a trave, no rebote Paulinho desperdiçou a chance.

Depois disso, o tempo continuou passando e com isso o desespero do Corinthians começou a aumentar. Tite resolveu ir mais para cima do Boca e tirou Romarinho, que começava a jogar bem, para colocar Alexandre Pato. Sem conseguir armar jogadas, o alvinegro da capital paulista abusava nos cruzamentos para dentro da área de Orion, que defendia sem muitas dificuldades. 

Com o fim de jogo passando, a pressão do Corinthians se tornou mais desorganizada ainda e não teve sucesso em empatar o jogo. Melhor para o Boca Juniors, que ditou o ritmo do jogo até marcar seu gol, e depois soube manter o resultado. 

Ficha Técnica

Boca Juniors 1 x 0 Corinthians

Local: Bombonera, Buenos Aires (ARG)
Data/Hora: 1/5/2013 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Carlos Astroza (CHI) e Sergio Roman (CHI)

Renda/Público: Não disponíveis
Cartões Amarelos: Marín, Burdisso, Erbes, Somoza, Bravo e Erviti (BOC); Paulo André, Guerrero e Emerson (COR)
Cartões Vermelhos: Ledesma, aos 39’/2ºT (BOC)
Gol: Blandi, aos 13’/2ºT (1-0)

Boca Juniors: Orión, Marín, Caruzzo, Burdisso e Clemente; Erbes (Bravo), Somoza, Erviti (Ledesma), Sánchez Miño; Blandi (Magallán) e Martínez. Técnico: Carlos Bianchi.

Corinthians: Cássio, Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf (Douglas) e Paulinho; Danilo (Jorge Henrique), Romarinho (Pato) e Emerson Sheik; Guerrero. Técnico: Tite.

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 2 de maio de 2013, em Libertadores 2013 e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: