NHL – Stanley Cup Playoffs – Jogos do dia 05/05/13


por Marcos Garcia e Jordan Marciano

A maratona para alcançar as semifinais da Stanley Cup chegou ao seu quinto dia, com dois jogos pela conferência Leste e dois pela Oeste. Em casa, o San Jose Sharks passou com facilidade pelo Vancouver Canucks, abriu 3-0 na série e precisa de mais uma vitória para se classificar. Enquanto isso, o Minnesota Wild respirou na disputa contra o Chicago Blackhawks, após a vitória no terceiro jogo com gol no overtime. Pela parte Leste, o Pittsburgh Penguins realizou um duelo emocionante contra o New York Islanders e desempatou a série, depois de tomar dois gols e virar o placar. Já no clássico canadense, o Ottawa Senators atropelou o Montreal Canadiens por 6-1 e abriu 2-1 de vantagem na disputa.

(No duelo canadense, árbitros tiveram trabalho para separar as brigas no gelo. Foto: Divulgação/NHL)

(No duelo canadense, árbitros tiveram trabalho para separar as brigas no gelo. Foto: Divulgação/NHL)

Ottawa Senators 6-1 Montreal Canadiens

O 3º jogo da série canadense entre Ottawa Senators e Montreal Canadiens foi recheado de todos os fatores que caracterizam uma grande partida de playoff na NHL: Muitos gols, Hits, Brigas entre jogadores e presença decisiva da torcida. Com o confronto empatado, Ottawa começou o jogo tentando aproveitar o fator casa e abriu o placar em um power play 5 contra 3, com Danny Alfredsson aproveitando rebote de Carey Price. Ainda no 1º período Montreal respondeu a altura e empatou com o sempre produtivo Rene Bourque, colocando o puck com sutileza no canto direito de Anderson. Essa seria a única jogada efetiva dos Habs na partida, graças a queda de produção da equipe já no período seguinte, marcado pelo gol de Jean-Gabriel Pageau, ganhando dos marcadores adversários em velocidade e batendo de wrist shot no ângulo.

Nos últimos 20 minutos o jogo continuou emocionante e com domínio de Ottawa, que chegou ao 3º logo no início da etapa, novamente com Pageau em velocidade e usando o seu wrist shot perfeito. O 4º veio seis minutos depois em contra-ataque puxado por Alfredsson, que serviu o até então sumido Kyle Turris, completando pro fundo da rede sem dificuldade. Atrás do marcador, os Canadiens decidiram apelar pra força física, transformando o jogo em uma batalha no gelo. Ao todo foram 210 minutos de penalidade na partida inteira, além de 14 brigas, 5 delas ao mesmo tempo no 3º período. Sem se importar com a tática adversária, os Sens seguiram dominando e ainda marcaram mais duas vezes, o primeiro com o Rookie Jakob Silvfberg e o segundo novamente com Pageau, garantindo seu hat-trick e a liderança na série para sua equipe.

Pittsburgh Penguins 5-4 New York Islanders

Com uma forte pressão em cima do adversário, os Isles abriram dois gols de vantagem. Matt Moulson venceu a barreira dos visitantes e abriu o marcador com as assistências de Okposo e Visnovsky, aos 2 minutos (0-1). A torcida empurrava a sua equipe no Memorial Coliseum e logo aos 6 minutos, os mandantes ampliaram a vantagem. No lance, Grabner conseguiu o passe para o snap shot de Casey Cizikas (0-2). 

Mesmo com o placar favorável, o time de New York não foi capaz de administrar o resultado e diminuiu o ritmo de jogo, o que não se deve fazer contra o Penguins. Por isso, os visitantes aproveitaram de maneira eficaz os Power-Plays e arrancaram a virada ainda nos 20 minutos iniciais. Aos 13, um tip-in de Jarome Iginla descontou o marcador (1-2). Alguns segundos depois, Kunitz balançou as redes de Nabokov e empatou o duelo (2-2). Já com a torcida mais silenciosa, o time da casa não conseguiu aguentar a pressão adversária e tomou o terceiro gol aos 19 minutos. Sidney Crosby serviu o seu companheiro Dupuis, que jogou o puck no fundo da meta (3-2).

No segundo tempo, os nova iorquinos jogaram com força e agressividade. Poucas chances ocorreram, com relação ao período anterior, mas a partida ficou veloz e com batalhas por cada espaço dentro do gelo. Os Penguins alcançaram o quarto gol aos 17 minutos, quando Murray mandou a bomba no ângulo esquerdo de Nabokov (4-2).

Quando o terceiro período começou, o controle da partida se inverteu novamente, pois os Pinguins não conseguiram lances agudos e se acomodaram com os dois gols de vantagem. Com isso, a supremacia dos mandantes levou o jogo ao overtime. Aos 5, Okposo encostou no placar com um wrist shot, apesar de o lance ocorrer em um Power-Play do Penguins. Na sequência, aos 11, Tavares finalizou do lado direito e empatou o duelo (4-4). No tempo extra, os Penguins saíram vitoriosos com o seu terceiro gol de Power-Play, marcado por Kunitz (5-4), na marca de 9 minutos.

Vancouver Canucks 2-5 San Jose Sharks

O San Jose Sharks está a um jogo de se classificar para a seminfinal do Oeste, graças a vitória na noite deste domingo, sobre o Vancouver Canucks. O triunfo que garantiu o 3-0 na série começou a ser construído logo no 1º período, em gol de Joe Pavelski, aproveitando um power Play cedido pelo adversário. Nos 20 minutos seguintes, novo domínio dos californianos no gelo, colocando um puck na trave de Schneider e chegando ao 2º gol, novamente com Pavelski, desviando um tiro de longe para enganar o goleiro da equipe canadense. Precisando reagir para se manter vivo na série, Vancouver descontou no mesmo período em gol de Alex Burrows, após bela jogada dos Irmãos Sedin.

Com o 3º período valendo, era esperada uma pressão canadense, empolgado pelo gol da etapa anterior, mas a grande presença de Antti Niemi no gol dos Sharks deu tranquilidade para os mandantes voltarem ao controle do jogo e construírem uma goleada. Logan Couture, logo no 2º minuto, fez o terceiro dos tubarões, em Snap Shot despretensioso que acabou sendo aceito por Schneider. Na sequência foi a vez de Patrick Marleau tabelar com Couture, invadir a defesa adversária pelo meio e bater por baixo do goleiro, aumentando a vantagem. Couture voltaria ao marcador mais uma vez, fazendo o 5º de San Jose, que só não teve uma goleada maior porque Dan Hamhuis descontou no fim da partida. Tarde para Vancouver não só no jogo, mas também na série.

Chicago Blackhawks 2–3 Minnesota Wild

Assim como no primeiro jogo da série e ao contrário do segundo, a partida foi equilibrada. A vantagem dos Blackhawks aconteceu somente na parte final do período, quando aos 14, após um passe preciso de Patrick Kane, Oduya teve paciência e jogou o disco no fundo da meta defendida por Harding (1-0). Mas os Wild não se abalaram e responderam aos 18, Bouchard recebeu o puck de Clutterbuck e finalizou no canto esquerdo dos Hawks (1-1). Nos momentos finais, o Minnesota cresceu no confronto, mas o placar seguiu na igualdade.

Os torcedores em Saint Paul viram um Minnesota com mais consistência que o adversário, no segundo tempo. Porém, os Hawks brigaram e não deixaram os mandantes com a vitória. Poucas oportunidades surgiram, os melhores momentos ocorreram por volta dos 10 aos 12 minutos, quando o Chicago adquiriu um Power-Play, depois do Hi-Sticking de Brodiziak contra Hjalmarsson. Mas a pressão dos visitantes não durou os 2 minutos completos, pois Toews cometeu Holding em cima de Suter. Com isso, os Wild tiveram alguns segundos de vantagem numérica, após o 4-on-4 por causa das duas penalidades, e quase fizeram o segundo, com o volume de jogo exercido na zona defensiva dos visitantes.

O período final do confronto foi caracterizado por uma parede defensiva criada pelos Wild, que atrapalharam as investidas de Patrick Kane e Marian Hossa. As diversas finalizações do time da casa resultaram no segundo tento. Na marca de 3 minutos, Coyle arranjou uma assistência para Parize empurrar o disco dentro do gol de Chicago (1-2). Porém, com menos de 5 minutos restantes, os Hawks pressionaram e empataram a disputa, depois de Kane tocar na esquerda, onde Keith dominou e finalizou com qualidade (2-2). Mas o Wild conseguiu a primeira vitória nos playoffs. Depois de 2 minutos de overtime, Cullen e Bouchard foram os responsáveis pelas assistências que Zucker aproveitou para realizar o wrist shot da vitória (2-3).

 

 

Anúncios

Publicado em 6 de maio de 2013, em NHL e marcado como , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: