Santos joga mal, mas sai na frente contra o JEC


por Gabriel Sawaf

Nesta quarta (08) o Santos bateu o Joinville fora de casa pelo placar de 1 x 0. Com o gol de Durval, aos 37 minutos de segundo tempo, o time da Vila não conseguiu evitar o segundo jogo. O time da casa entrou empurrado pela festa da torcida, que criou muitas expectativas por ser uma das partidas mais importantes do tricolor nos últimos anos. O Santos, focado na final de domingo contra o Corinthians, poupou alguns jogadores, como o lateral esquerdo Léo. Os noventa minutos foram marcados por táticas diferentes: o Santos controlando a bola e o Joinville arriscando o jogo rápido, tendo mais chances de gol.

Joinville e Santos fizeram jogo disputado (Foto: Reprodução/Site Oficial do Joinville)

Joinville e Santos fizeram jogo disputado (Foto: Divulgação/ Joinville)

1º tempo

O time da casa começou o jogo indo pra cima, animado com a festa da torcida local, Carlos Alberto teve uma boa chance de abrir o placar, mas parou em Rafael. Depois, o Santos conseguiu ficar mais com a bola, continuando assim até o final do primeiro tempo. O Peixe ficou no campo de ataque, e teve boas chances com Cícero, Neymar e Felipe Anderson, este que trabalhou bastante. Já o Coelho largou mão do passe de bola e apostava no jogo rápido e em chutes de fora da área, tendo uma boa chance com Marcos Vinicius. Antes do final do primeiro tempo, o técnico Muricy Ramalho decidiu tirar Renê Júnior, irritado com sua atuação, e colocou Marcos Assunção.

2º tempo

O time da casa foi pra cima, tentando não só garantir o jogo de volta, mas sim uma vitória para abrir vantagem no confronto. E quase aconteceu, se não fosse Rafael, que fez ótima defesa em cabeçada de Sandro. O Santos não chegava muito, tendo algumas chances, com Miralles e Neymar, que não levaram muito perigo ao gol de Ivan. Pelo Coelho, o estreante Ligueira, que tinha acabado de entrar, perdeu uma chance incrível de abrir o placar. Depois, Ronaldo, que também tinha entrado, perdeu mais uma chance para o time catarinense. Após pressão do time da casa, o Santos chegou ao gol da vitória com Durval, que subiu após falta batida por Marcos Assunção. Então foi só esperar o jogo acabar para que o time praiano saísse vencedor.

O jogo de volta ocorre no dia 22 de maio, na Vila Belmiro, com o Santos jogando com a vantagem do empate. Já o Joinville precisa fazer no mínimo 2 gols para se classificar no tempo normal, 1 x 0 para os catarinenses leva a decisão para os pênaltis.

Ficha Técnica

Local: Arena Joinville, Joinville, Santa Catarina, Brasil.

Público/Renda: Não divulgados.

Árbitro: Marcio Chagas da Silva (RS)

Auxiliares: Monteiro de Souza Junior e Jorge Eduardo Bernardi

Joinville: Ivan; Carlos Alberto, Sandro, Rafael e Rafinha; Marcus Vinicius, Augusto Recife, Ricardinho (Ligueira) e Marcelo Costa; Lima (Ronaldo) e Matheus Carvalho (Somália).

Santos: Rafael Cabral; Edu Dracena, Durval e Neto; Felipe Anderson, Arouca, Cícero, Renê Júnior (Marcos Assunção) e Emerson Palmieri; Neymar e Miralles (André).

Amarelos: Marcelo Costa e Matheus Carvalho (Joinville); Renê Junior e Marcos Assunção (Santos)

Gol: Durval (Santos).

Anúncios

Publicado em 9 de maio de 2013, em Copa do Brasil e marcado como , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: