Opinião: Convocação para a Copa das Confederações


por Pedro Domingues

Na manhã desta terça-feira (14), o treinador da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, realizou a convocação dos jogadores que disputarão a Copa das Confederações, que será realizada no Brasil, do dia 15 ou dia 30 do mês de junho.

Mesmo atuando em casa, a Seleção Brasileira não deve repetir a campanha de 2009 e vencer a Copa das Confederações (Getty Images)

Mesmo atuando em casa, a Seleção Brasileira não deve repetir a campanha de 2009 e vencer a Copa das Confederações. (Foto: Getty Images)

O clamor era para que, além dos jogadores cativos como Neymar, Thiago Silva, Ramires e David Luiz, Felipão desse uma chance ao jogadores do Atlético Mineiro e do Corinthians, considerados os dois melhores times brasileiros atualmente.

Porém, nas suas declarações pré-convocação era nítido que Felipão não ouviria aos apelos da imprensa. Mas o treinador do penta surpreendeu. Primeiro por deixar Ramires de fora, um dos intocáveis da Seleção nos últimos tempos. Depois, por deixar Ronaldinho Gaúcho, em excelente momento, fora da lista.

Com poucas surpresas como Jadson e Bernard, Felipão mostrou teimosia ao insistir na convocação de Júlio César, tendo Diego Alves muito bem no Valencia-ESP. No sistema defensivo, o treinador da Seleção mostrou coerência e convocou os melhores de suas posições. Com Daniel Alves e Marcelo como titulares absolutos. Filipe Luís e Jean são as opções favoritas do treinador, que mostrou isso no decorrer dos amistosos.

No setor do meio campo, Felipão mostrou o quão ultrapassado o treinador está. Ao deixar Ronaldinho de fora, Scolari deixa nada menos que o melhor jogador brasileiro em ação atualmente. Jogando um futebol impecável, o Gaúcho era tido por toda a imprensa como certo na convocação para a Copa das Confederações. Apesar de ter um estilo de jogo que eu admiro muito, Jadson pode sofrer por ter que substituir um jogador popular como Ronaldinho. A pressão em cima do armador do São Paulo e de Oscar, do Chelsea, será grande.

No ataque, Neymar é peça fixa, e Fred, pelos gols nos amistosos contra Inglaterra e Itália, além de seu desempenho no Fluminense, não poderia ficar de fora. Quanto a Leandro Damião, a escolha do reserva de Fred realmente aprecia destinada ao jogador do Internacional. Apesar de também ter boas chances, Alexandre Pato foi preterido por Felipão nos amistosos, ficando na reserva do próprio Damião. Já Hulk, pouco mostrou quando vestiu a Amarelinha e sumiu desde que se transferiu para o Zenit. É um jogador que ficará à sombra de Neymar e Lucas.

A convocação no geral pode ter sido positiva. O sistema defensivo bem definido é algo elogiável e onde Felipão tem seu ponto forte. Entre os volantes, Fernando deve ser o cão de guarda, e pelo futebol apresentado no Grêmio, deve fortalecer um setor enfraquecido pela não convocação de Ramires. Do meio para frente, Felipão mostra sua teimosia, como na convocação de Júlio César. Ao deixar Ronaldinho de fora, Luiz Felipe Scolari entra em uma briga direta com a imprensa, que já colocava o camisa 10 do Galo na Seleção. E como já dito antes, coloca uma enorme pressão sobre Jadson e Oscar. Pressão também em cima de Lucas e Neymar, que tinham na figura de R10 um líder e provavelmente um jogador para dividir a responsabilidade de jogar pela Seleção Brasileira no Brasil.

Concluindo, Felipão monta um Seleção forte defensivamente, mas deixa uma incógnita quanto ao setor ofensivo. Neymar há tempos não vem bem, mas vê na Copa das Confederações a chance de mostrar seu futebol para o mundo. Agora é esperar a estreia contra o Japão para ver se, ao deixar jogadores como Ramires e Ronaldinho de fora, Felipão está certo ou não.Pelo menos por enquanto, tudo indica para mais um fracasso da nossa Seleção Brasileira.

Confira os jogadores convocados para a disputa da Copa das Confederações:

Goleiros:

Julio César (QPR)

Diego Cavalieri (Fluminense)

Jéfferson (Botafogo)

Laterais:

Daniel Alves (Barcelona-ESP)

Filipe Luís (Atlético de Madri-ESP)

Marcelo (Real Madrid-ESP)

Jean (Fluminense)

Zagueiros:

Dante (Bayern de Munique-ALE)

David Luiz (Chelsea-ING)

Réver (Atlético Mineiro)

Thiago Silva (PSG-FRA)

Meio-campistas:

Fernando (Grêmio)

Luiz Gustavo (Bayern de Munique)

Paulinho (Corinthians)

Hernanes (Lazio-ITA)

Jadson (São Paulo)

Lucas (PSG-FRA)

Oscar (Chelsea-ING)

Bernard (Atlético Mineiro)

Atacantes:

Fred (Fluminense)

Neymar (Santos)

Hulk (Zenit-RUS)

Leandro Damião (Internacional)

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 14 de maio de 2013, em Copa das Confederações, Copa do Mundo 2014, Futebol Internacional, Futebol Nacional e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: