Entre falhas e erros, Palmeiras é eliminado da Libertadores pelo Tijuana


por Paulo Semicek

O Tijuana, do México, venceu o Palmeiras por 2 a 1, em um Pacaembu lotado (36 mil pessoas). Com o resultado, o Verdão foi eliminado nas oitavas de final da Libertadores da América. Reascos e Arce marcaram os gols dos Xoloitzcuintles, enquanto Souza descontou para o alviverde. O próximo adversário dos mexicanos é o Atlético Mineiro.

Os Xolos, estreantes na competição, estão classificados para as quartas de final (Foto-Divulgação-Tijuana FC)

Os Xolos, estreantes na competição, estão classificados para as quartas de final. (Foto-Divulgação/Tijuana)

Falha decisiva no primeiro tempo

A festa nas arquibancadas era bonita, como é de costume em jogos do Palmeiras da Libertadores. Mas o clima dentro do gramado era de tensão para as duas equipes. O Palmeiras demonstrou muita vontade no início do jogo, com boas escapadas de Wesley e Vinícius. Faltou objetividade, mas isso era algo que viria com o tempo. E não veio pelo que aconteceu aos 26 minutos.

Aos 26, o centroavante Reascos, do Tijuana, chutou fraco, e o goleiro Bruno deixou a bola passar de uma forma ridícula. Frangaço, 1 a 0 para os mexicanos. O fato deu um respiro para o Tijuana, que não se desesperou, embora tenha exagerado em alguns lances de falta. Quem realmente sentiu o gol foi o Palmeiras. Se antes o Verdão criava mais oportunidades, o placar desfavorável provocou vários passes errados, e falta de organização em campo. Mesmo assim, o time ainda finalizou mais vezes, tentando uma pressão maior no fim do primeiro tempo.

Erros de arbitragem e fim da linha no segundo tempo

O segundo tempo veio com uma mudança mo Palmeiras: o volante Souza no lugar do meia Wesley. O time não subiu tanto de promoção, mas o pior ainda estaria por vir. Aos seis minutos, o meia Arce acertou um belíssimo chute e fez o segundo gol do Tijuana. Tranquilidade para os visitantes, uam verdadeira ducha de água fria nos torcedores alviverdes no Pacaembu.

Depois do gol, timidamente o Palmeiras começou a se encontrar no jogo. E um pênalti bastante duvidoso aos 15 minutos ajudou o Porco a buscar a reação.  Uma bola na mão do zagueiro mexicano fez com que Souza cobrasse a penalidade, sem chances para o goleiro. Isso fez com que a torcida acordasse, e o mesmo vale para o próprio time.

Aos 22, outro erro da arbitragem de Juan Soto, da Venezuela. Kleber empatou o jogo para o Palmeiras, mas o gol foi anulado, mesmo o centroavante estando na mesma linha que os zagueiros. Se antes o time já estava nervoso pela pressão de precisar vencer para conseguir a vaga, aos poucos esse sentimento foi tomando conta dos jogadores, e cada vez menos organizados os brasileiros estavam. E o jogo acabou com o Palmeiras eliminado da Libertadores da América.

Opinião do Jornaleiro

Não foi só o frango colossal de Bruno que desclassificou o Palmeiras. Faltou reagir ao fato, não se entregar, o que o time esboçou fazer, mas não fez. Mas, acima de tudo, o lance vexatório do goleiro abateu o time. O Tijuana, que não tem nada a ver com isso, apenas jogou lidando com o nervosismo do Palmeiras. Os Xolos jogaram para o gasto, e se classificaram.

Que o elenco do Palmeiras era limitado para a Libertadores, não havia dúvidas. Algo natural, pois a queda para a Série B exigia um time adequado para jogar a segunda divisão.  Portanto, o sucesso do time estaria muito ligado a uma união do elenco e raça dentro de campo. E isso veio depois do 6 a 2 para o Mirassol no Paulistão, pois a torcida incentivou o time, e lotou o Pacaembu em quase todos os jogos da primeira fase, e também na sua saída do torneio.

Se a Libertadores acabou para o Verdão, o futebol que o time jogou e o apoio que a torcida deu devem continuar. O elenco, considerando como estão seus adversários diretos na segundona, é provavelmente o mais forte. A única e mais importante missão palmeirense agora é voltar para a elite do futebol brasileiro.

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 15 de maio de 2013, em Libertadores 2013 e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: