NHL – Stanley Cup Semifinal – Oeste – Detroit Red Wings x Chicago Blackhawks


por Jordan Marciano

No último confronto da série, o Chicago Blackhawks bateu o Detroit Red Wings durante o jogo 7 da semifinal, realizado nesta quarta-feira (29). Em excelentes atuações dos goleiros, as redes do United Center balançaram somente a partir do segundo período, com Patrick Sharp em favor da casa. Entretanto, os Wings trouxeram dificuldades e empataram o duelo com Henrik Zetterburg. Mesmo assim, Brent Seabrook foi o responsável por marcar o gol da vitória e levar os Hawks para a decisão da Oeste, com um tento no Overtime. A grande final da conferência, que será entre Chicago Blackhawks e Los Angeles Kings, começa neste sábado (01).

(United Center entra em festa, os Blackhawks estão na decisão da Oeste. Foto: Divulgação/NHL)

(United Center entra em festa, os Blackhawks estão na decisão da Oeste. Foto: Divulgação/NHL)

O Jogo

Digno de confronto que merece um game 7, Detroit viajou para Chicago e trouxe perigo desde o primeiro tempo. Em um Power-Play, os visitantes quase abriram o marcador, mas o goalie Crawford salvou a equipe da casa. Apesar de finalizar menos, o Blackhawks também trabalhou com qualidade em seus ataques e fez a defesa adversária ter dificuldades no gelo. No último lance de destaque, Stalberg e Shaw ficaram de frente com o goleiro Jimmy Howard, porém não tiveram sucesso em suas investidas, aos 18 minutos.

O puck entrou na meta apenas no segundo tempo. Com pouca superioridade dos Hawks, a equipe aproveitou o momento que os Wings trocaram de linha e, na tabela de Handzus, Hossa e Sharp, o número 10 disparou um wrist shot indefensável, na marca de 1 minuto (0-1). A partida melhorou e Detroit intensificou o número de hits e a criação de chances ofensivas. Mesmo assim, o melhor lance deste período ocorreu em um ataque de Chicago, no qual Howard segurou o disco com reflexo e eficiência durante o chute de Stalberg.

Com o terceiro período em presença no relógio, o que poderia definir a série, os Wings foram com tudo na zona de defesa do adversário, em contra partida, a defesa se tornou mais vulnerável pela confiança em Howard. Mas isso não atrapalhou, pois logo nos primeiros segundos do terceiro tempo, Detroit foi premiado. Nyquist finalizou da direita, o que fez Crawford ceder o rebote no stick de Zetterburg, que chutou e empatou. Depois de vários minutos equilibrados em 1-1, a torcida do United Center pulou de alegria, pois Hjalmarsson mandou o puck nas redes. Mas, uma confusão entre dois atletas adversários no meio do gelo fez o árbitro invalidar o gol, o que levou a partida ao tempo extra. A situação deixou os Wings desconcentrados, enquanto os Hawks cresceram no overtime e atingiram a classificação. O gol da vitória ocorreu com Seabrook, que foi assistido por Bolland e eliminou o Detroit Red Wings com um snap shot (1-2).

Anúncios

Publicado em 30 de maio de 2013, em NHL e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: