NHL – Decisão Leste – Jogo 1 – Boston Bruins x Pittsburgh Penguins


por Jordan Marciano

No primeiro game da grande final da conferência leste da National Hockey League (NHL), o Boston Bruins foi para Pittsburgh e venceu a equipe da casa com um placar confortável, 3-0. Porém, apenas o resultado foi tranquilo, já que no gelo, o clima esquentou. Os Pens tentaram igualar na força física contra os visitantes e se perderam em sua estratégia, o que levou o jogo aos diversos hits e brigas, que causaram penalidades e favoreceram os Bruins. Destaque de Krejci, que mandou o puck duas vezes longe do alcance do goalie Vokoun, e Horton, que deu duas assistências e fechou a conta no Consol Energy Center. O mérito do primeiro triunfo de Boston também se deve ao guapo Tukkaa Rask, que fechou o gol para Crosby e garantiu o seu primeiro shootout em playoffs.

(Fora de casa, Bruins iniciam a série com vitória e sem sofrer gols. Foto: Divulgação/NHL)

Fora de casa, Bruins iniciam a série com vitória e sem sofrer gols. (Foto: Divulgação/NHL)

O jogo

No começo do duelo, os mandantes deslizaram ao ataque e conseguiram um Power-Play que não foi bem sucedido, pois Rask realizou boas defesas. Sem aproveitar a vantagem numérica, Pittsburgh permitiu que Boston criasse oportunidades. Quando o time voltou com 5 jogadores no gelo, Horton dominou na direita e tocou no meio, onde David Krejci mandou o slap shot que ainda desviou em Martin e passou no meio das pernas de Vokoun, aos 8 minutos (1-0).

(Malkin e Bergeron largam os stick e resolvem os desentendimentos na agressão física. Foto: Divulgação/NHL)

(Malkin e Bergeron largam os sticks e resolvem os desentendimentos com a agressão física. Foto: Divulgação/NHL)

Depois do gol, os Pens ainda mantiveram a pressão em outro PP, mas mesmo com os gritos da torcida, Rask estava concentrado e bloqueou todas as tentativas da casa. Nos segundos finais do primeiro tempo, Crosby e Malkin ficaram perto de empatar o confronto, mas no lance, o disco passou raspando a trave visitante.

A partir do segundo tempo, o jogo ficou agressivo. Sem imprimir a velocidade necessária para vencer a zaga adversária, Pittsburgh se frustrou. Em contra partida, os Bruins alcançaram mais dois Penalty-Kills e administraram a vitória simples. A situação ficou complicada para o Pens quando Matt Cooke ficou fora do gelo com um hit perigoso em Adam McQuaid, enquanto do lado de Boston, Brad Marchand foi penalizado por um hit questionável em cima de James Neal.

O resultado disso foi uma confusão após o apito final das zebras, que tiveram trabalho em conter a pancadaria entre Evgeni Malkin e Patrice Bergeron. 5 minutos na Penalty Box foram suficientes para punir os dois atletas. No mesmo nervosismo, Sidney Crosby esqueceu o seu talento e quase se encrencou com Rask e o defensor Zdeno Chara.

Com menos stress e o jogadores mais calmos, Boston se reagrupou no terceiro período, utilizou bem o forechecking que anulou as investidas da casa e causou o segundo gol. Na marca de 4, Horton serviu novamente Krejci, que finalizou a primeira em cima de Vokoun, mas pegou o rebote e balançou as redes (2-0). Os visitantes fecharam o placar três minutos mais tarde, quando Lucic carregou puck pela direita e criou a jogada que deixou Horton sozinho na frente do guarda redes para mandar o wrist shot (3-0).

Anúncios

Publicado em 2 de junho de 2013, em NHL e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: