Bruno Soares faz campanha histórica em Roland Garros e entra para a história do tênis brasileiro


por Renan Araujo

O brasileiro Bruno Soares chegou às semifinais do Torneio de Roland Garros nas duplas ao lado do austríaco Alexander Peya e foi eliminado pela dupla dos americanos irmãos Bryan, considerada a melhor dupla da história. Ele repetiu a campanha de 2008 quando jogou ao lado de Dusan Vemic. Com a bela campanha, o brasileiro chegará à sexta posição do ranking da ATP que será atualizado nesta segunda-feira. Com a posição, Bruno Soares já é o segundo tenista brasileiro mais bem colocado na história das duplas da ATP. Ele alcançou a mesma posição que Carlos Kirmayr esteve em 1983. Apenas Carlos Mota teve campanha melhor, também em 1983, quando chegou à quarta colocação. Incluindo os tenistas de simples, eles estão atrás apenas de Gustavo Kuerten, que já chegou ao posto de número 1 do mundo.

Imagem

Bruno Soares chegou à sexta posição do ranking da ATP nas duplas. (Foto: AFP)

 

E o ano de 2013 vem sendo fantástico para Bruno Soares. Ele conquistou os títulos de Auckland, São Paulo e Barcelona, foi finalista no Masters 1000 de Madri e semifinalista de Roland Garros. Com os resultados, a dupla já é a segunda melhor da temporada. Caso, a dupla de Peya e Soares se mantenha assim disputará o ATP Finals no fim do ano, torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada. Agora a meta de Soares é se preparar para mais um Grand Slam, o Torneio de Wimbledon, e o confronto contra a Alemanha em setembro pela Copa Davis.

Carreira

O momento é resultado de várias conquistas que o mineiro de 31 anos vem contabilizando desde o ano passado. Profissional desde 2001, ele chegou a conquistar alguns torneios preparatórios com Marcelo Melo, Thiago Alves e André Sá, mas ficou fora do circuito em 2005 e 2006 e voltou em 2007 para tentar deslanchar na carreira. Em 2008, ele já havbia participado de vários torneios da ATP e conseguiu grandes campanhas como as quartas de finais em Roland Garros e em US Open. Ele também ganhou seu primeiro ATP de duplas em Nottingham. Desde 2008 ele vem se mantendo entre os 40 melhores do mundo nas duplas.

Em 2009, ele chega às quartas em Wimbledon jogando ao lado de Kevin Ullyett, do Zimbábue e às semifinais dos Masters 1000 de Roma e Madri. Em 2010, ao lado de Marcelo Melo, ele faz boas campanhas chegando às semifinais e finais de vários torneios importantes. Em 2011, a mesma coisa, inclusive em torneios de Masters 1000.

Em 2012, chegou às quartas de finais do Aberto da Austrália ao lado de Eric Betouac e às quartas das Olimpíadas de Londres ao lado de Marcelo Melo. Em julho, iniciou a parceira com Alexander Peya, com quem chegou às quartas de finais no US Open.

Mas, nesse mesmo torneio conseguiu o maior resultado de sua carreira: ao lado da russa Ekaterina Makarova ele foi campeão das duplas mistas. O título de um brasileiro em um Grand Slam não acontecia desde Gustavo Kuerten em Roland Garros e ele foi o segundo brasileiro a atingir tal feito. Logo após o feito, Bruno Soares participou da vitória brasileira contra a Rússia na Copa Davis e ganhou quatro de cinco torneios disputados.

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 10 de junho de 2013, em Tênis e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: