Com show de Neymar, Brasil vence o México e está praticamente na semifinal


por Gabriel Sawaf

 O Brasil enfrentou o México pela segunda rodada da fase de grupos da Copa das Confederações, no Castelão. Liderada por Neymar, que começou a jogar seu verdadeiro futebol com a amarelinha, a seleção brasileira venceu por 2 a 0, gols de Neymar e Jô. Com o resultado, os donos da casa podem confirmar a vaga na semifinal ainda hoje (19), dependendo do resultado do jogo da Itália.

Neymar foi o destaque do Brasil. (Foto: Divulgação/CBF)

Além do jogador do Barcelona, outro destaque foi a torcida, que, mesmo nesta fase de protestos e manifestações (inclusive do lado de fora do Castelão), apoiou a seleção durante todo jogo, com uma belíssima execução do hino brasileiro e com cartazes que afirmavam que o problema era a corrupção e não a Seleção.

 Agora o Brasil viaja para Salvador, onde enfrenta a Itália no sábado. Já o México, praticamente eliminado, viaja para Belo Horizonte, onde, também no sábado, enfrenta o Japão.

Primeiro tempo

 Assim como no jogo contra o Japão, o Brasil começou indo pra cima, tentando fazer o primeiro gol. Oscar fez, mas Neymar, que havia dado a assistência, estava impedido. Poucos depois, o atacante aproveitou a bola que sobrou e pegou de primeira sem deixar cair no chão, golaço! A seleção brasileira continuou melhor e dava impressão que ia matar o jogo ainda na primeira etapa. Daniel Alves e Neymar quase fizeram o segundo gol brasileiro. Depois o time se perdeu, a zaga estava sem uma formação fixa e Oscar havia sumido do jogo. O México aproveitou e ficou no campo de ataque, mas não levava muito perigo, assustando apenas com Mier e Giovani dos Santos.

Segundo tempo

O Brasil voltou do intervalo focado em tentar decidir o jogo. Assim como no primeiro tempo, a equipe brasileira começou atacando, e chegou a marcar com Thiago Silva, mas o gol foi anulado por causa de impedimento no lance. A seleção brasileira seguiu melhor, e perdeu boas chances de ampliar com Hulk e Neymar. Depois, relaxou, e viu o México indo para cima. Porém, devido a sua fragilidade ofensiva, a equipe mexicana não conseguia levar perigo a Julio César, que pouco trabalhou no jogo. Na principal chance da equipe mexicana, Guardado aproveitou o cruzamento e chutou para o gol, mas Daniel Alves chegou cortando. Já no final do jogo, Neymar fez uma linda jogada e cruzou para Jô, que tinha saído do banco, definir o marcador.

Ficha técnica

Brasil 2 x 0 México

Local: Castelão, Fortaleza, Ceará, Brasil.

Público: 50.791 pagantes.

Árbitro: Howard Webb (ING).

Auxiliares: Michael Mullarkey (ING) e Darren Cann (ING).

Brasil: Julio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho, Oscar (Hernanes) e Hulk (Lucas); Neymar e Fred (Jô). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

México: Corona; Flores (Herrera), Rodríguez, Mier e Salcido; Torres (Barrera), Torrado (Jimenez), Moreno e Guardado; Giovani dos Santos e Chicharito. Técnico: José Manuel de La Torre.

Amarelos: Thiago Silva e Daniel Alves (Brasil) Guardado e Herrera (México).

Gols: Neymar e Jô.

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 19 de junho de 2013, em Copa das Confederações e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: