Opinião: Obrigado Taiti


por Gabriel Sawaf

Terminou neste domingo (23) a participação da Seleção do Taiti na Copa das Confederações, após ser goleador por 8 a 0 pelo Uruguai. Os taitianos voltam para a Oceania com 24 gols sofridos e um feito em três jogos. Mas os polinésios voltam felizes, mesmo com todos os resultados ruins e desfavoráveis. A simpática seleção taitiana conquistou os corações brasileiros em sua curta passagem no País Tropical e ficará marcada na história do futebol, não só pelos resultados negativos, mas também por suas lições.

Taitianos comemoram o seu único gol na competição (Foto: Getty Images)

Taitianos comemoram o seu único gol na competição (Foto: Getty Images)


Os 23 guerreiros taitianos conquistaram os brasileiros assim que chegaram, pois a mídia dava ênfase ao fato de quase todo o elenco ser amador. O grande foco taitiano era marcar um gol, mesmo se sofressem vários. A missão era difícil, mas a torcida brasileira se comprometeu em apoiar a fraca seleção taitiana. E juntos, torcedores e jogadores foram para a Copa das Confederações. O que se via nos estádios em jogos do Taiti era uma verdadeira festa do futebol. Os jogadores não valorizavam o placar, mas sim o momento, que era único na vida de cada um. 

Brasileiros aderiram o Taiti (Foto: Reuters)

Brasileiros aderiram o Taiti (Foto: Reuters)

Em cada jogo algo ficava como lição. Contra a Nigéria, a comemoração do gol, marcado pro Jonathan Tehau, como se fosse o de um título, marcou a todos, mostrando a felicidade taitiana. Depois o confronto contra os atuais campeões mundiais, no Maracanã, que terminou 10 a 0, mas não importa, os taitianos conseguiram se destacar, principalmente com o goleiro Mikael Roche, que comemorou muito o pênalti perdido por Torres, vibrava a cada defesa (não importando quanto estava o placar) e ficava desolado a cada gol sofrido. Depois do jogo, os jogadores postavam fotos no Facebook com os atuais campeões mundiais, como se fossem populares, torcedores que estavam na arquibancada vendo o jogo. Por último, enfrentam o Uruguai, e o goleiro Meriel viveu um momento de glória, após defender um pênalti batido por Scotti. Mas o momento marcante do jogo foi o final, quando os taitianos pegaram uma bandeira do Brasil para si e mostravam uma faixa “Obrigado Brasil”.

Mikael Roche agradece aos céus o pênalti perdido por Torres (Foto:Divulgação FTF)

Mikael Roche agradece aos céus o pênalti perdido por Torres (Foto:Divulgação FTF)

Por que “Obrigado Brasil”? Nós que devemos agradecer a esses guerreiros, que mostraram o que é futebol de verdade, aquele que se valoriza o momento, que pode ser único. Mostraram que a simplicidade não é sinônima de pequenez, mas de gigantismo. Mostraram que a magia do futebol ainda existe, mesmo em um país que tenta se distanciar dela e em competições de uma instituição moderna e corrupta como a FIFA. Mostraram como a paixão pelo futebol pode te levar a lugares que ninguém imaginaria que você estivesse lá. Mostraram que não é porque se está em uma competição cheia de protocolos que não se pode utilizar da cultura local, como a entrega de colares antes de todos os jogos. Mostraram que a humildade é algo essencial para qualquer um, não importa onde se esteja e como esteja, como a doação de ingressos para crianças de uma favela no Rio de Janeiro.

Jogadores taitianos agradecem o carinho recebido (Foto:Getty Images)

Jogadores taitianos agradecem o carinho recebido (Foto:Getty Images)

O Taiti não ganhou nada dentro das quatro linhas e nos noventa minutos, mas foram campeões no quesito humano, mostraram ser verdadeiros guerreiros e humildes. Só resta a nós brasileiros agradecermos eles por essas lições e um pedido: voltem logo, queremos aprender mais!

Anúncios

Publicado em 23 de junho de 2013, em Copa das Confederações e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Tem um errinho de portugues “Contra a Nigéria, a comemoração do gol, marcado pro Jonathan Tehau,” de resto esta muito bom…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: