NFL 2013/2014 – O que esperar do seu time: AFC Leste


por Marcos Garcia e Leonardo Siqueira

A temporada de 2013 da NFL (National Football League) começa em menos 2 meses e aqui no Jornaleiros do esporte você vai ficar por dentro da previsão de todos os 32 times para o campeonato deste ano. E para começar, vamos apresentar as 4 equipes que fazem parte da AFC Leste, uma das mais tradicionais da liga.

Miami Dolphins

Equipe de futuro promissor, o Miami Dolphins entra em 2013 com reforços em setores fundamentais do elenco, mas com perdas que podem fazer a diferença. O ataque comandado pelo segundo anista Ryan Tannehill já não conta mais com o LT Jake Long, o RB Reggie Bush e os Receivers Anthony Fasano e Davone Bess. Os últimos 3 somaram 2338 jardas, 14 touchdowns e 99 first downs em 2012. Apenas a 27º colocada entre os ataques da liga, a franquia vai tentar suprir as saídas destes atletas com a super estrela Mike Wallace, Receiver que brilhou no Pittsburgh Steelers e é um dos mais bem pagos da NFL.  o camisa 17 se juntará aos contratados Phillip Wheeler, Dannell Ellerbe (Linebackers), Brent Grimes (CB), Tyson Clabo (OT) e Dustin Keller (TE), além do First Round Pick Dion Jordan, defensive end talentoso.

Com reforços para os dois lados do campo, os golfinhos possuem apenas uma duvida na posição de RB, aonde o substituto de Bush deve ficar entre o segundo anista Lamar Miller, o veterano Daniel Thomas e o rookie Mike Gillislee. Ainda é difícil imaginar esta equipe brigando forte nos playoffs, mas Miami pode surpreender.

Agora com a 11, Mike Wallace é a grande estrela de Miami (Tayme Alvarez/Sun Sentinel)

Buffalo Bills

Pior equipe do AFC East nos últimos anos, O Buffalo Bills vem reformulado para a temporada de 2013. As mudanças passam tanto pela administração da franquia (com 2 novos nomes na gerência) como também dentro de campo, com novos coordenadores, um novo técnico (Doug Monroe) e dois novos quarterbacks. O 1º deles é o veterano Kevin Kolb, decepção no Arizona Cardinals e que substituíra Ryan Fitzpatrick no comando do ataque. Apesar do currículo ruim na franquia, o camisa 14 possui melhores números como starter do que o atual substituto, que vai brigar pela posição com o First Round Pick EJ Manuel. Móvel e jovem, o rookie parece ter o apoio da torcida para ser o titular, mas ainda precisa mostrar o seu desenvolvimento no training camp.

 Em outras posições de campo, Buffalo não terá grandes reforços. A defesa perdeu seu principal trio em número de tackles em 2012 (George Wilson, Kelvin Sheppard e Nick Barnett) e aposta no rookie Kiko Alonso e nos contratados Manny Lawson (Bengals) e Alan Branch (Hawks) para reformular um setor que ainda não passa muita confiança aos seus torcedores. Com CJ Spiller saudável e Mario Williams mais presente, os Bills vão tentar lutar de igual para igual na AFC, mas a tarefa parece complicada.

Kolb olhando Manuel realizar um passe. Briga promete ser equilibrada (Kevin Hoffman-USA TODAY Sports)

New England Patriots

O que esperar dos Patriots? Se nas temporadas anteriores existia a certeza de boas campanhas, o que predomina em Boston hoje é a incerteza. O forte da equipe sempre foi o ataque e Brady sempre teve como alvos certos Wes Welker e Rob Gronkowski. Agora a situação é outra: Welker está nos Broncos e Gronkowski ainda se recupera de algumas cirurgias. Brandon Lloyd e Aaron Hernandez completam a listas das grandes perdas. Para o corpo de recebedores, Danny Amendola chega dos Rams enquanto o rookie Aaron Dobson vem da Universidade de Marshall. Para tight end, a esperança cai sobre Jake Ballard, que havia feito uma grande campanha nos Giants antes de se machucar.

A chegada de Tim Tebow foi uma surpresa e ele deve ser usado como tigh end ou aproveitado em alguma trick play. Levando em conta que a AFC East não é tão forte, os Patriots podem sonhar com os Playoffs, qualquer coisa além disso exigirá sorte.

Com tantas perdas, o novo contratado Amendola virou esperança no ataque de NE (AP Photo/Charles Krupa)

New York Jets

Para resumir a temporada passada, duas palavras são necessárias: Butt Fumble. Resumo de um time que, além de não firmar Mark Sanchez como titular e ter um Tim Tebow inconstante, ainda perdeu seu melhor recebedor; Santonio Holmes. A perda de Darrelle Revis, melhor DB da equipe, também foi uma pancada dura. Mesmo assim, o saldo não foi apenas ruim. O substituto de Revis, Antonio Cromartie cresceu muito. Mesmo assim, o clima na parte verde de Nova York é tenso, entre outros motivos pela indecisão sobre o qual quarterback será titular, já que agora Mark Sanchez tem a sombra do rookie Geno Smith. A expectativa não é boa e os Jets devem ficar de fora dos playoffs novamente.

Geno Smith ou Mark Sanchez é a grande duvida dos Jets em 2013 (Getty Images)

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 15 de julho de 2013, em NFL e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: