NFL 2013/2014 – O que esperar do seu time: NFC Norte


por Leonardo Siqueira e Marcos Garcia

O Post especial de hoje sobre a preparação dos times para o início da temporada regular da NFL (National Football League) vai abordar a NFC Norte, palco de grandes rivalidades e forças da maior liga de futebol americano do mundo. Green Bay Packers, Chicago Bears, Detroit Lions e Minnesota Vikings se reforçaram e prometem muito equilíbrio em 2013.

Green Bay Packers 

Um dos elencos mais talentosos da NFL, o Green Bay Packers ficou devendo para sua apaixonada torcida em 2012, apesar de uma campanha de 11 vitórias na temporada regular. Sempre colocada como favorita ao título, a franquia chega em 2013 enfraquecida pelas saídas dos experientes (e campeões) Charles Woodson (CB) e Greg Jennings (WR), mas deve suprir essas ausências com facilidade, principalmente no ataque, que agora estará nas mãos de Aaron Rodgers e seus inúmeros alvos confiáveis (Nelson, Cobb, Finley, Jones). A secundária, que já vinha se acostumando a jogar sem Woodson na última temporada, ainda precisa de ajustes, assim como a linha ofensiva, que terá de ser reformulada graças a aposentadoria do Center titular Jeff Saturday. A briga pela titularidade na posição de RB parece ter chegado ao fim. Pelo menos é o que espera a torcida, esperançosa com o draft de Eddie Lacy, corredor de destaque do atual campeão universitário Alabama. 

Eddie Lacy é uma das novidades do packers em 2013 (Mike McGinnis/Getty Images North America)

 Minnesota Vikings

Não era difícil prever a ultima temporada dos Vikings. Adrian Peterson, principal jogador da equipe, havia passado por cirurgia e não havia previsão de volta, Ponder ainda era um QB fraco e o jogo aéreo do time era quase nulo. Mas aí numa dessas coisas que só acontecem no Futebol Americano, Peterson retornou antes da previsão, fez uma temporada incrível e os Vikings foram aos playoffs. Para essa temporada, a chegada de WR’s draftados para substituir Percy Harvin, além da chegada de Greg Jenning, deve melhorar o ataque, mesmo que a manutenção de Ponder como QB não anime os torcedores. Com melhores alvos, Ponder precisa, também, de mais tempo para lançar os passes. Sendo assim, a OL deve ser muito cobrada durante toda. Levando em conta que a divisão ficou um pouco mais forte, é difícil ver os Vikings nos playoffs novamente.

i

O Draft de 2013 para os Vikings foi espetacular (Bruce Kluckhohn-USA TODAY Sports)

 Detroit Lions

Na temporada passada, o QB Matthew Stafford tinha apenas Calvin Johnson, o Megatron, para levar seu ataque. Com a chegada de Reggie Bush, vindo do Dolphins, o time ganha um dos melhores corredores da liga e esperança renovada para o inicio da temporada. A perda do DL Cliff Avril para o Seattle Seahawks seria uma perda gigante se não fosse a chegada de Jason Jones e Israel Idonije. O draft de Ezekiel Ansah e Devin Taylor também fortalece muito a defesa de Detroit. A contratação de Idonije, por exemplo, foi considerada uma das melhores contratações da temporada. Com a linha defensiva fortalecida e a secundaria mais concisa, o numero de blitz deve aumentar e, com isso, o numero de sacks. Se Stafford precisava apenas de um time para mostrar seu potencial, essa pode ser sua temporada de ouro, uma vez que os Lions são um grande candidato a uma vaga no Wild Card.

Reggie Bush deve tornar o ataque dos Lions um dos mais temidos da liga (AP Photo/Paul Sancya)

Chicago Bears

É inegável que o Chicago Bears possui uma base talentosa e pode jogar de igual pra igual com todos os times da NFC, mas a franquia precisava de mudanças. Se a demissão do técnico Lovie Smith (81-63 na carreira em Chicago) é questionável, as contratações feitas pela equipe, agora sob o comando de Marc Trestman, foram cirúrgicas. A linha ofensiva, uma das piores da NFL, foi seriamente reforçada com as chegadas de Matt Slauson e Jermon Bushrod, que não terão problemas para se tornarem titulares. O ataque ainda ganhou com a chegada do TE Martellus Bennett, atleta bastante confiável e que deve ajudar Jay Cutler a tomar decisões mais seguras na hora de lançar a bola. Brandon Marshall e Matt Forte seguem sendo os homens que precisam tocar mais vezes na bola pelo lado ofensivo, assim como o segundo anista WR Alshon Jeffery, que terá mais chances como o 2º receiver titular da franquia em 2013.

A defesa mudou bastante, principalmente com a saída do Lineman Israel Idonije e do experiente LB Brian Urlacher, aposentado. Para reforçar o setor, o time apostará em James Anderson (EX-Panthers), DJ Willians (EX-Broncos) e Sedrick Ellis (EX-Saints), além de Jon Bostic, LB draftado na segunda rodada. A secundária, comandada por Charles Tillman, segue sendo uma das mais temidas da liga e deve continuar roubando bolas adversárias. As expectativas são boas em 2013 para Chicago.

Jay Cutler, mais do que nunca, precisa chamar a responsabilidade em Chicago (Getty Images)

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 18 de julho de 2013, em Campeonato Alemão 11/12, NFL e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: