Quase “quarentões”, craques ainda tem espaço no futebol brasileiro


por Daniel Malucelli

Títulos, carreiras bem sucedidas e muita qualidade com a bola nos pés. Os quase “quarentões” estão em alta no futebol brasileiro. Jogadores no fim da carreira, com mais de 33 anos, sem espaço no futebol europeu, mas que ainda são os principais nomes de seus clubes. Eles resolvem o jogo com um passe, um chute, uma falta e dão gosto de ver jogando.  

(Fotos: Divulgação / Facebook e site oficial dos clubes)

(Fotos: Reprodução/Facebook)

Alguns dizem que eles conseguem jogar aqui porque o futebol brasileiro está nivelado por baixo. Há os que defendem que eles são craques, jogadores diferenciados e gênios da bola. Uma discussão difícil de tomar partido, já que as duas teorias tem fundamento. O fato é que os jovens craques brasileiros dificilmente ficam em seu país natal. Enquanto eles vão para a Europa, os mais “experientes” vem para o Brasil e fazem a diferença.

Lucas, Oscar, David Luiz, Marcelo e muitos jogadores da nova safra de talentos do nosso futebol já estão jogando no futebol europeu. Neymar e Paulinho acabaram de se transferir. Bernard tem muitas propostas para deixar o Atlético-MG após a final da Libertadores e dificilmente ficará. Com isso, jogadores como Alex, Seedorf, Zé Roberto, Forlán e outros ganham espaço nos clubes brasileiros. Conheça alguns dos “vovôs” do Campeonato Brasileiro.

Alex, 35 anos – Coritiba

Mesmo com outras propostas de times brasileiros, ele quis encerrar a carreira no Coritiba, clube pelo qual foi revelado. Mas ainda com a mesma classe de sempre. Após nove anos jogando pelo Fenerbahçe, da Turquia, onde é ídolo e tem até estátua em sua homenagem ele se readaptou rapidamente ao futebol brasileiro e já conquistou o campeonato paranaense. Esbanjando categoria e marcando golaços, o clássico camisa dez, é principal nome do Coritiba, que ainda está invicto no brasileirão. 

Alex comemora o golaço feito contra o Flamengo. (Foto: Divulgação/Site Oficial Coritiba)

Alex comemora o golaço feito contra o Flamengo. (Foto: Divulgação/Site Oficial Coritiba)

Seedorf, 37 anos – Botafogo

É certamente o nome mais famoso mundialmente dos “medalhões” que jogam aqui. Com um currículo invejável e passagens por Real Madrid, Internazionale e Milan, o craque, que é casado com uma brasileira e fala fluentemente português, nunca escondeu a vontade de jogar em nosso país. Quem achava que o holandês viria para cá apenas para curtir as belas praias cariocas se enganou. Sidão, como é chamado pelos companheiros de time, ganhou o campeonato carioca deste ano e comanda o Botafogo, atual líder do campeonato brasileiro.

Seedorf já é idolatrado pelos botafoguenses. (Foto: Divulgação/Site Oficial Botafogo)

Seedorf já é idolatrado pelos botafoguenses. (Foto: Divulgação/Site Oficial Botafogo)

Zé Roberto, 39 anos – Grêmio

É um caso raríssimo no futebol. Com 39 anos, Zé Roberto corre mais do que muito garoto por ai. Com um físico impressionante, o jogador é um dos principais nomes do elenco desde que chegou ao Grêmio. A categoria no pé esquerdo e sua versatilidade em campo impressionam, até porque em 2014 ele irá completar 40 anos. Na Europa, ele fez mais sucesso no futebol alemão. No ano passado, levou a equipe gaúcha a Libertadores deste ano, mas o Grêmio foi eliminado nas oitavas. Ainda é o principal nome do tricolor.

Zé Roberto se dedica nos treinamentos. (Foto: Divulgação/Facebook Oficial Zé Roberto)

Zé Roberto se dedica nos treinamentos. (Foto: Divulgação/Facebook Oficial Zé Roberto)

Diego Forlán, 34 anos – Internacional

Ele foi eleito o melhor jogador da ultima Copa do Mundo, na África do Sul, e foi um dos artilheiros da competição. É o maior artilheiro da história da seleção uruguaia. Depois de jogar no futebol inglês, espanhol e italiano veio para o Internacional. Demorou em se adaptar e foi discreto no ano passado. Mas este ano cresceu junto com a equipe gaúcha. Foi campeão e artilheiro do gauchão com nove gols. No brasileirão é o vice artilheiro com cinco gols. 

Forlán comemora o seu primeiro título jogando no futebol brasileiro. (Foto: Divulgação/ Facebook oficial Forlan)

Forlán comemora o seu primeiro título jogando no futebol brasileiro. (Foto: Divulgação/ Facebook oficial Forlan)

Juninho Pernambucano, 38 anos – Vasco

Voltou agora para sua terceira passagem pelo clube carioca. Na primeira, ganhou a Libertadores de 98, além de dois brasileiros. Fez história no Lyon da França. Liderado por Juninho o time francês conquistou sete títulos consecutivos do campeonato nacional. Já com 36 anos voltou ao Vasco e foi bem. Saiu novamente e foi jogar nos Estados Unidos. Mas o “Reizinho” está de volta ao futebol brasileiro. Ele aceitou a proposta de voltar ao Vasco e ajudar o time a sair da crise, recebendo apenas um salário mínimo e o pagamento de uma divida que o clube lhe devia. Estreou na ultima rodada no clássico contra o Fluminense, no Maracanã, fez gol, deu assistência e comandou a vitória vascaína. 

Juninho voltou em grande estilo ao Vasco. (Foto: Divulgação/Site Oficial Vasco da Gama)

Juninho voltou em grande estilo ao Vasco. (Foto: Divulgação/Site Oficial Vasco da Gama)

Deco, 35 anos – Fluminense

Apesar de já ter ganhado dois títulos brasileiros desde que chegou ao Fluminense é muito irregular. Muitas lesões e a pouca sequência de jogos tem atrapalhado o brasileiro naturalizado português. Fez bons jogos com a camisa do tricolor, mas não foi o grande responsável pelas conquistas. Neste ano, para piorar a situação, se envolveu em um caso de doping. Sofreu punição de trinta dias. O técnico Abel Braga aposta no craque para melhorar os resultados da equipe, que vem jogando abaixo de seu potencial. 

Deco não consegue ter uma sequência de jogos. (Foto: Divulgação/Site Oficial Fluminense)

Deco não consegue ter uma sequência de jogos. (Foto: Divulgação/Site Oficial Fluminense)

Rogerio Ceni, 40 anos – São Paulo

Um dos maiores jogadores da história do clube. O goleiro quarentão já está encerrando a vitoriosa carreira, e deve parar de jogar no fim do ano. Vem cometendo algumas falhas e tem atuações irregulares. O São Paulo está em má fase, mas creditar a culpa em Rogério não seria justo. Apesar da irregularidade, ele é importante na equipe, tanto que nos últimos anos, quando esteve de fora por lesões, o tricolor paulista sofreu sem o goleiro artilheiro.

Rogério levantando a taça da Libertadores de 2005(Foto: Divulgação/Facebook Oficial Rogério Ceni)

Rogério levantando a taça da Libertadores de 2005(Foto: Divulgação/Facebook Oficial Rogério Ceni)

Danilo, 34 anos – Corinthians

Nunca jogou no futebol europeu. O que não significa que o “senhor libertadores” não seja um jogador diferenciado. Fez história nos dois gigantes paulistas, São Paulo e Corinthians. Ganhou um paulistão, uma libertadores, um mundial e um campeonato brasileiro por ambos. Decisivo, Danilo foi muito criticado no início, tanto no tricolor quanto no timão, mas conquistou os torcedores com títulos e gols. É um jogador que decide clássicos e jogos importantes. Na final da Recopa Sulamericana fez o gol do título do Corinthians sobre o próprio São Paulo. É peça fundamental no esquema de Tite. 

Danilo vive a melhor fase da carreira. (Foto: Divulgação/Facebook Oficial Danilo)

Danilo vive a melhor fase da carreira. (Foto: Divulgação/Facebook Oficial Danilo)

Paulo Baier, 38 anos – Atlético Paranaense

No Atlético-PR desde 2009, ele é o maior artilheiro do campeonato brasileiro na era dos pontos corridos. Caiu com o clube para a segunda divisão em 2011, mas fez questão de ficar e ser o maestro na série B do ano passado. Feito cumprido. O físico já não lhe permite jogar todos os jogos. Este ano, Paulo Baier perdeu espaço no time titular, mas sempre que entra se mostra um jogador diferenciado, principalmente nas bolas paradas.

Atlético-PR foi o clube em que Paulo Baier mais atuou. (Foto: Divulgação/Facebook Oficial Paulo Baier)

Atlético-PR foi o clube em que Paulo Baier mais atuou. (Foto: Divulgação/Facebook Oficial Paulo Baier)

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 22 de julho de 2013, em Campeonato Brasileiro 2013, Futebol Nacional e marcado como , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: