Veja o que rolou: 15ª rodada do Brasileirão


por Gabriel Sawaf 

Confira um resumo com o que de melhor aconteceu em mais uma rodada do Brasileirão.

Pintura define o marcador: Náutico 0 x 1 Fluminense

Fluminense e Náutico fizeram um jogo fraco na Arena Pernambuco, o jogo não teve grandes chances, apesar de a equipe carioca jogar com 3 atacantes. Em uma das poucas chances do jogo, Samuel deu um balãozinho no marcador, se livrou de outro e bateu forte, sem chances para Ricardo Berna. Já no final do jogo, Cavalieri fez grande chance de Derley, evitando o empate do Timbu.

Goleada para dar moral: Cruzeiro 5 x 1 Vitória

A Raposa segue na cola do Botafogo. No último sábado (17), ganhou uma moral a mais para seguir na briga pela liderança.  Léo abriu o marcador, Mayke ampliou, Dinei diminui para o Leão, mas Ricardo Goulart, Borges e Vinícius Araújo fecharam a goleada que encantou a torcida celeste no Mineirão.

Tricolor no G4: Vasco 2 x 3 Grêmio

Comandando por Barcos (até que enfim), o Grêmio venceu o Vasco em pleno São Januário e entrou no G4, de quebra ainda assumiu a terceira colocação. O argentino abriu o placar. Juninho bateu falta a Alex Telles desviou contra o próprio patrimônio, empatando o jogo. Depois, Ramiro chutou de longe e fez um golaço e, já no segundo tempo, o Pirata fez mais um e ampliou o marcador. Só no finzinho, o Vasco descontou com André, mas era tarde demais.

Barcos fez 2 na vitória do Grêmio fora de casa (Reprodução/Facebook)

Quando a fase é ruim… : Flamengo 0 x 0 São Paulo

Mandando seus jogos em Brasília, o Flamengo decepcionou outra vez o seu torcedor candango, não saindo do empate sem contra o Tricolor paulista, em dia inspirado de Felipe e Rogério Ceni. O principal lance do jogo foi no final do confronto, quando o juiz marcou pênalti duvidoso para a equipe do Morumbi. Jadson bateu e Felipe defendeu, evitando a vitória são paulina e a reabilitação da equipe paulista na competição.

No finzinho: Corinthians 1 x 0 Coritiba

Em um jogo recheado de polêmicas, o Timão venceu o Coxa no Pacaembu, entrou no G4 e tirou o adversário de lá, depois de um bom tempo de permanência da equipe coxa branca. O Corinthians foi pra cima, mas parava na boa atuação de Vanderlei e na falta de pontaria de seu ataque. O Verdão se defendia e apostava nos contra ataques. Quando o jogo se encaminhava para um empate, Danilo trombou com Lucas Claro e caiu, o juiz sem pensar duas vezes marcou pênalti, que revoltou os jogadores do Coritiba. Guerreiro, que não tem nada a ver com isto, bateu e fez a alegria da Fiel.

E o gordinho decide de novo: Ponte Preta 0 x 1 Goiás

O esmeraldino foi até Campinas enfrentar a Macaca, com o Moises Lucarelli contando com um bom público na tarde de domingo. Quem estava no estádio viu mais uma vezo Goiás decidir o jogo com uma das atrações do campeonato: Walter! O atacante barrigudo do Verdão estufou a rede de Roberto e chegou a 5 gols no campeonato.

“Gordinho” Walter não para de fazer gols com a camisa do Goiás (BlogdoJuca/UOL)

Placar em branco: Bahia 0 x 0 Santos

O confronto na Arena Fonte Nova será um dos mais esquecidos do Brasileirão 2013. Bahia e Santos se fecharam muito na marcação, os dois com três volantes cada e o jogo ficou muito truncado, tanto que Fernandão e Willian José mal chegaram a encostar na bola.

Mesmo com toda a pressão: Internacional 0 x 0 Atlético/MG

O Inter recebeu o Galo no Estádio do Vale em mais um jogo que não saiu do zero na rodada. Mas ao contrário do jogo na Fonte Nova, o confronto em Novo Hamburgo foi marcado por chances de gol, principalmente do Colorado, que jogou com um a mais na maior parte do jogo, pois Fernandinho foi expulso pelo lado  atleticano. Mas não adiantou, teve bola no travessão, defesa de Victor e o Inter não conseguiu sua primeira vitória na sua nova casa. Após o término do jogo, Victor chutou a bola na direção da torcida colorada, o árbitro viu e puniu o arqueiro com cartão vermelho.

Furacão na cola do G4: Atlético/PR 2 x 1 Criciúma

O Atlético continua colado aos quatro primeiros lugares, após vencer o Criciúma de virada na Vila Capanema. O rubro negro não jogou bem a primeira etapa e o Tigre foi superior, abrindo o placar com Sueliton. Para etapa final, Wagner Mancini sacou Jonas e botou Carlos Alberto, o time melhorou e começou a ir mais para o ataque. Em uma dessas decidas, Marcelo foi derrubado na área, pênalti, que Paulo Baier bateu e converteu. Pouco depois, Marcelo cruzou na cabeça de Éderson, que mandou pro fundo das redes e garantiu mais uma vitória para o Furacão. 

Líder isolado: Portuguesa 1 x 3 Botafogo

O Alvinegro se manteve mais uma rodada na liderança após bater a Portuguesa no Canindé. O primeiro tempo foi da Lusa, mas a equipe não soube reverter o bom futebol em gols, o que custou caro no final. O Fogão voltou forte para o segundo tempo e abriu o placar com o Bolívar. Luís Ricardo empatou para a equipe da casa.  Na saída de bola, Rafael Marques desempatou e depois Elias decretou números finais ao marcador.

Botafogo venceu mais uma fora de casa e voltou a liderança (Reprodução/Facebook/Dorival Rosa)

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 19 de agosto de 2013, em Campeonato Brasileiro 2013, Futebol Nacional e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: