Mercado Europeu – Transferências


por Michel de Alcantara

O último dia da janela de transfêrencias, no dia 2 de setembro, foi intenso, como é de costume. Vários clubes correram atrás de contratações de última hora para reforçar suas equipes. E se comparado com o ano de 2012, o número de jogadores transferidos foi menor, mas o valor total aumentou, chegando a 3,36 bilhões de doláres (R$7,95 bilhões). Confira no Jornaleiros as transferências dos principais clubes da Europa.

Kaká voltou ao Milan para voltar a se destacar (Foto: Luca Bruno/AP)

Kaká voltou ao Milan e foi mais um que agitou o mercado (Foto: Luca Bruno/AP)

 Alemanha 


Logo_FC_Bayern_München.svg Bayern de Munique:
Apesar de ter conquistado tudo que disputou na última temporada, o time da Baviera correu atrás para qualificar ainda mais um poderoso elenco. A primeira contratação foi do técnico espanhol Guardiola, que assim como o time alemão, também sabe o que é ganhar tudo o que disputou. No campo, a principal contratação, e teve certa polêmica, foi do habilidoso Mario Gotze, que brilhou pelo rival Borussia Dortmund. O Bayern ainda contratou o promissor zagueiro Jan Kirchhoff (Mainz) e o meia-atacante Thiago Alcântara (Barcelona).

Borussia_Dortmund_LogoBorussia Dortmund: O time fez uma brilhante campanha na última temporada, chegando a final da Champions League. Gotze, principal estrela da equipe de Dortmund, acabou sendo vendido para o Bayern de Munique. Mas a diretoria não perdeu tempo e contratou o armênio Henrikh Mkhitaryan, que se destacou pelo Shakhtar Donetsk. O zagueiro grego Sokratis (Werder Bremen) e o atacante gabonês Aubameyang (St. Etienne) também reforçaram o elenco.

Espanha

club_atletico_de_madrid_cAtletico de Madrid: Após perder seu principal jogador, o colombiano Falcão Garcia, o time comandado por Diego Simeone foi ao mercado e fez um pacotão de contratações. David Villa (Barcelona), o maior artilheiro da história da seleção espanhola, foi o que mais chamou a atenção. Os goleiros Aranzubia (Deportivo La Coruña) e Roberto Jiménez (Benfica), os zagueiros José María Giménez (Danúbio) e Alderweireld (Benfica), o volante Guilavogui (St. Etienne) e o atacante Léo Baptistão (Rayo Vallecano) também reforçaram a equipe madrilenha. O zagueiro Demichelis também foi contratado, mas acabou se transferindo para o Manchester City.

FCB.svgBarcelona: O time catalão conseguiu fazer uma das principais contratações da janela. Após disputar com o Real Madrid, o Barcelona concretizou a negociação com um dos jogadores mais promissores do futebol mundial, Neymar. E a euforia é grande, já que ele faz dupla com o melhor jogador do mundo, o argentino Messi. Os dois craques poderão protagonizar uma das melhores, senão a melhor parceria da atual temporada. O técnico argentino Gerardo Martino, ex-Newell’s Old Boys, comanda a equipe, que sofreu a perda do atacante espanhol Bojan Krkic. O atacante, formado nas categorias do clube, acertou empréstimo com o Ajax por um ano.

downloadReal Madrid: A equipe não mediu esforços e foi a que mais gastou nessa janela de transferência. E se não bastasse, fechou o maior negócio da história do futebol mundial. Após longa novela, a equipe de Madrid chegou em um acordo com o Tottenham. O valor gira em torno de 100 milhões de euro (ultrapassando os R$315 milhões). O galês foi eleito o melhor jogador da última Premiere League e poderá fazer uma grande dupla com o português Cristiano Rolando. Reforçaram o time também o técnico Carlo Ancelotti (PSG), o zagueiro Carvajal (Bayer Leverkusen), os volantes (Illarramendi (Real Sociedad) e Casemiro (São Paulo), e o meia Isco (Málaga).

França

imagesMônaco: A equipe do pequeno principado da França aparece novamente no cenário mundial, depois que o magnata russo Dmitry Rybolovlev comprou o time. Após voltar a primeira divisão, o presidente do Mônaco anunciou um elenco milionário. A principal contratação foi do goleador colombiano Falcão García, pelo valor de 60 milhões de euros (R$ 160 milhões), concretizando a maior transferência do futebol francês. Chegaram ao time os zagueiros Ricardo Carvalho (Real Madrid), Isimat-Mirin (Valenciennes) e Borja López (Sporting Gijón), os laterais Abidal (Barcelona) e Fabinho (Real Madrid), os volantes Toulalan (Málaga) e Moutinho (Porto), o meia James Rodríguez (Porto), e os atacantes Monachello (Olympiacos Nicósia) e Martial (Lyon).

psgPSG: Após aparecer como uma das grandes potências do futebol, com contratações milionárias, o time de Paris foi mais comedido nesta temporada. O atacante uruguaio Cavani (Napoli) aparece como principal figura do time. O time que já conta com Thiago Silva, Lucas, Pastore e Lavezzi, terá uma dupla interessante, já que Cavani será parceiro de Ibrahimovic no ataque. Apareceram no PSG também o técnico Laurente Blanc, o zagueiro Marquinhos (Roma) e o lateral Lucas Digne (Lille).

Inglaterra

51b7fe19343882b19a73a0837c68ed7aArsenal: Os Gunners estavam recebendo muitas críticas pela postura conservadora e de poucas contratações. Mas aos 45’ do segundo tempo, fizeram a segunda maior contratação da história do campeonato inglês. O meia alemão Mesut Ozil foi anunciado após várias especulações. Ozil, conhecido por ter um ótimo número de assistências, fará dupla com o espanhol Carzola, que também desempenha bem a função de garçom. Foram contratados também o goleiro Viviano (Palermo), o volante Flamini (Milan) e o atacante Sanogo (Auxerre).

Chelsea_FC.svgChelsea: Os Blues mantiveram o bom elenco e contrataram reforços de peso. Os destaques vão para o técnico português Mourinho (Real Madrid), que fez história pelo clube, e o camaronês Eto’o (Anzhi), contratado no último dia da janela. O atacante se juntará a Ramires, Lampard, Hazard e Oscar. Chegaram ao time também o goleiro Schwarzer (Fulham), o volante Van Ginkel (Vitesse), o lateral Cuevas (O’Higgins), e os atacantes Schurrle (Bayern Leverkusen), Perica (Zadar) e Atsu (Porto).

Grad_LFC_Crest_twitterLiverpool: Após várias temporadas coletando fracassos, os Reds querem mudar esse cenário na atual temporada. Contrataram oito jogadores e o começo no campeonato inglês é promissor. O time de Liverpool reforçou principalmente a zaga com Touré (Manchester City) e Sakho (PSG). Juntam-se aos zagueiros o goleiro  Mignolet (Sunderland), o lateral Sissokho (Valencia), o zagueiro Ilori (Sporting), o meia Moses (Chelsea), e os atacantes Aspas (Celta Vigo) e Luis Alberto (Sevilla).

download (1)Manchester City: O time milionário do City quer conquistar também a Liga dos Campeões, e por isso, além de manter grandes nomes, como Agüero e Dzeko, foi atrás de alguns nomes importantes. O meia brasileiro Fernandinho (Shakhtar Donetsk) aparece como destaque das contratações. Foram contratados também o técnico Manuel Pellegrini (Málaga), o zagueiro Demichelis (Atlético de Madri) e os atacantes Jesús Navas (Sevilla), Negredo (Sevilla) e Jovetić (Fiorentina).

 

manchester-united-logoManchester United: O atual campeão inglês surpreendeu pela postura de poucas contratações. Apesar do grande elenco, ainda faltam peças para o time titular, o que gera uma desconfia por parte da torcida com o desempenho da equipe na atual temporada. David Moyes (Everton) chegou com a difícil missão de substituir o lendário técnico Alex Ferguson. Chegaram também o zagueiro Varela (Peñarol) e o atacante Zaha (Crystal Palace).

 

f66947979822e4f6defaef3e11dee53aTottenham: Os Spurs fizeram uma boa campanha na última temporada da Premiere League, e muito se deve ao galês Garath Bale, que foi vendido para o Real Madrid. Mas o time de Londres não ficou parado e gastou uma boa quantia em jogadores para qualificar seu elenco. Lamela (Roma) chega ao time para ser o substituto de Bale. O brasileiro Paulinho (Corinthians) aparece também como destaque das contratações. Os outros jogadores que chegaram a equipe são o zagueiro Chiriches (Steaua Bucareste), o volante Capoue (Toulouse), os meias Chadli (Twente) e Eriksen (Ajax), além do atacante Soldado (Valencia).

Itália

340px-InternazionalesvgInter de Milão: A equipe de Milão ficou fora por dois anos da Liga dos Campeões, e a defesa vem falhando também nas últimas temporadas. Esses fatores fizeram com que o time contratasse mais que um time inteiro. O grande destaque é a chegada do técnico Walter Mazzari, que teve quatro boas temporadas no Napoli. Já os jogadores contratados, em grande maoria, são jovens promessas e jogadores baratos. Os que chegaram são o goleiro Carizzo (Lazio), os zagueiros Andreolli (Chievo) e Rolando (Porto), o lateral Wallace (Chelsea), os volantes Laxalt (Defensor) e Mudingayi (Bologna), os meias Botta (Liverno) e Taider (Bologna), e os atacantes Icardi (Sampdoria) e Belfodil (Parma).

juventusJuventus: A atual bicampeã italiana manteve seus principais jogadores e ainda conseguiu reforçar com qualidade, com contratações pontuais. O atacante Carlos Tévez (Manchester City) é a principal contratação. O jogador já faz dupla com o atacante montenegrino Vucinic. Chegaram também os zagueiros Ogbonna (Torino), Peluso (Atalanta), e os atacantes Zaza (Sampdoria) e Llorente (Athletic Bilbao).

 

images (1)Milan: A equipe Rossonera fez boas campanhas nas últimas temporadas e a cobrança da torcida é grande. Por isso a diretoria do Milan correu atrás para contratar oito jogadores. O principal jogador apareceu no último dia de janela. Kaká, que já é conhecido do time, retorno após quatro anos no Real Madrid. O brasileiro jogará ao lado dos destaques Balotelli e El Shaarawy. Foram contratados também os zagueiros Zapata (Villarreal), Vergara (Deportes Quindío) e Silvestre (Inter de Milão); os meias Andrea Poli (Sampdoria), Birsa (Genoa) e Saponara (Empoli), além do atacante Matri (Juventus).

download (2)Napoli: A Azzurri perdeu seu principal jogador, o uruguaio Cavani, para o PSG. Mas com boa quantia que recebeu, os italianos compraram vários jogadores. Um dos destaques é o argentino Higuaín, que estava no Real Madrid. Chegaram também o técnico Rafael Benítez (Chelsea), os goleiros Rafael (Santos) e Reina (Liverpool), o zagueirol Albiol (Real Madrid), o lateral Armero (Udinese), o volante Radosevic (Hajduk Split), o meia Callejón (Real Madrid), e os atacantes Mertens (PSV), Calaiò (Siena) e Zapata (Estudiantes).

escudo-roma-italiaRoma: O time da capital italiana não quis ficar atrás nesta temporada e tratou de reforçar seu elenco com 13 jogadores. Sem grandes destaques, um dos jogadores mais conhecidos que se transferiu para Roma, é o lateral brasileiro Maicon, que esteva no Manchester City. Chegaram também o técnico Rudi Garcia (Lille), os goleiros De Sanctis (Napoli) e Skorupski (Gornik Zabrze), os zagueiros Jedvaj (Dinamo Zagreb) e Benatia (udinese), os meias Verre (Genoa) e Strootman (PSV), e os atacantes Destro (Genoa), Piscitella (Genoa), Caprari (Pescara) e Gervinho (Arsenal).

Anúncios

Publicado em 3 de setembro de 2013, em Futebol Internacional e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: