São Paulo vence o Vasco e sai do Z4


por Raphaela Viscardi

Vasco e São Paulo se enfrentaram na tarde deste domingo, em partida válida pela 21ª rodada do Brasileirão. Com ambos os times em situação delicada na tabela do campeonato, quem levou a melhor, como no primeiro turno, foi o time paulista. Rodrigo Caio abriu o placar no primeiro tempo e Antônio Carlos carimbou a vitória são paulina na segunda etapa e saída da zona do rebaixamento. O Vasco caiu para 17ª posição, com 24 pontos. Já o São Paulo, com o mesmo número de pontos, está na 15ª colocação devido aos critérios de desempate, porém depende do resultado do Vitória para terminar a rodada duas posições acima do Z4.

rc

Time comemora o primeiro gol (Foto: Divulgação/ Espn.com.br)

São Paulo abre o placar

Jogo importante para ambos os lados. Se a vitória fosse do São Paulo, quem assumiria seu lugar na zona do rebaixamento seria o Vasco, mas se o time carioca levasse a melhor, o tricolor paulista passaria mais uma rodada no Z4. E com a situação mais delicada, quem começou indo para cima foi o São Paulo. Logo nos minutos inicias, teve uma ótima chance com Maicon, outra novidade com a volta de Muricy, que da entrada da área chutou rasteiro, passando muito perto do gol. O Vasco foi para cima, tentou algumas jogadas com Juninho Pernambucano, que voltou ao time titular, mas não teve sucesso, principalmente pela falta de troca de passes. Aos 30 minutos, o tricolor paulista abriu o placar. Na cobrança de escanteio de Jadson, que também saiu do banco de reservas e voltou ao time titular, Rodrigo Caio subiu sozinho e cabeceou para o fundo das redes. Após o gol, o time da casa acordou e pressionou, mas a zaga são paulina levou a melhor.

Z4: Sai o São Paulo, entra o Vasco

A segunda etapa começou movimentada. Em três minutos, três chutes a gol. Primeiro com o São Paulo, que no desvio de Antônio Carlos por pouco não enganou o goleiro vascaíno. Logo em seguida, Dakson cabeceou no chão, a bola quicou e passou muito perto da trave de Rogério Ceni. Segundos depois, Juninho deu grande passe para Reginaldo, que chutou cruzado obrigando Rogério à tirar com os pés. Aos 17, mais uma ótima chance para o Vasco. Marlone, quem melhor fez pelo lado vascaíno, chutou rasteiro e novamente passou rente ao travessão. O São Paulo adiantou a marcação, principalmente com Maicon, e apostou nos contra-ataques. Novamente em cobrança de escanteio de Jadson, Rodrigo Caio desviou na primeira trave e o goleiro Diogo falhou, dando um soco para trás. Antônio Carlos, com o gol aberto, não desperdiçou a chance e mandou para o fundo do gol. O São Paulo apenas administrou a vitória e esperou o apito final.

FICHA TÉCNICA:
VASCO 0 X 2 SÃO PAULO

Local: São Januário (RJ)
Data-Hora: 15/9/2013 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Marco Antônio de Melo Moreira (GO)
Renda/Público: R$ 197.710,00 / 7.815 pagantes
Cartões amarelos: Cris (VAS); Rafael Toloi (SAO).
Cartões vermelhos: –

Gols: Rodrigo Caio, 30’/1ºT (0-1) e Antônio Carlos, 25’/2ºT (0-2)

VASCO: Diogo Silva, Fagner, Jomar, Cris e Yotún; Abuda, Fillipe Soutto (Dakson, intervalo) e Juninho (Tenório, 15’/2ºT) Willie (Reginaldo, intervalo) e Marlone; André – Técnico: Dorival Júnior.

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rafael Toloi, Antônio Carlos e Reinaldo; Rodrigo Caio, Maicon, Ganso e Jadson (Fabrício, 45’/2ºT); Osvaldo (Welliton, intervalo) e Luis Fabiano (Aloísio, 33’/2ºT) – Técnico: Muricy Ramalho.

Anúncios

Publicado em 15 de setembro de 2013, em Campeonato Brasileiro 2013 e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: