Definidas as quartas de final do EuroBasket


por Lucas Vian

Os confrontos da terceira e última fase do maior torneio de basquete entre países europeus tem seus confrontos definidos. São oito seleções em quadra para definir o campeão. Confira os confrontos da reta final do EuroBasket.

Confira uma análise dos confrontos:

espanha servia

Espanha vs. Sérvia
Comandada por Juan Antonio Orenga, a atual campeã do EuroBasket chega às quartas de final após liderar a primeira fase, onde estava no Grupo C, com 4 vitórias e apenas uma derrota, essa diante da Eslovênia. Na segunda fase, a Espanha ficou em 4ª colocada no grupo com um W-L record de 2-3. Entre os destaques da equipe cita-se: Marc Gasol (Memphis Grizzlies), Rudy Fernández (Real Madrid, da Espanha) e Ricky Rubio (Minnesota Timberwolves)

Sob o comando do técnico Dusan Ivkovic, a Sérvia terá um difícil oponente pela frente, porém seu elenco não está fraco e pode “bater de frente” com a atual campeã. A seleção sérvia conseguiu o primeiro lugar no Grupo B e na segunda fase, fazendo uma boa campanha com apenas três derrotas na competição. Entre os principais nomes da equipe cita-se a dupla Nenad Krstic (CSKA, da Rússia) e Nemanja Bjelica (Fenerbahçe, da Turquia).

eslovenia frança

Eslovênia vs. França
Sob o comando do sérvio Bozidar Maljkovic tem um complicado jogo pela frente ao enfrentar a forte França. Na fase de grupos, a seleção eslovena conseguiu o 3º lugar. Na segunda fase, conseguiu uma posição melhor ficando em segundo lugar no Grupo F, atrás apenas da Croácia. Líder da equipe e principal jogador, Goran Dragic (Phoenix Suns) está sendo o “faz-tudo” do time. Sem muita frequência, Mirza Begic (Olympiacos, da Grécia) e Domen Lorbek (Krka, da Eslovênia) também auxiliaram em algumas partidas com pontos e assistências.

A forte frança de Vincent Collet mostrou que era candidata ao título na fase de grupos, onde conseguiu o 1º lugar do Grupo A. Porém uma decepção na segunda fase, conseguiu apenas o 3º lugar, ficando atrás da Lituânia e Sérvia. Como destaques da seleção francesa até agora cita-se Tony Parker (San Antonio Spurs), Alexis Ajinça (Strasbourg, da França) e Nicolas Batum (Portland Trail Blazers).

croacia ucrania

Croácia vs. Ucrânia
Comandada por Jasmin Repesa, uma nação conhecida pelos espectadores do basquete europeu, a Croácia respondeu às expectativas e chega nas quartas de final como uma forte candidata ao título. A seleção croata chega à terceira fase da competição com apenas duas derrotas sofridas até agora e com um adversário consideravelmente fácil pela frente. Sem surpresas, a dupla Ante Tomic (Barcelona, da Espanha) e Bojan Bogdanovic (Fenerbahçe, da Turquia) está comandando as vitórias croatas. Outro jogador que está discretamente aparecendo nas partidas é Roko Ukic (Panathinaikos, da Grécia).

Sob o comando do americano Mike Fratello, a Ucrânia chega às quartas de final com uma equipe mediana e um poderoso oponente à frente. A seleção ucraniana foi bem na fase de grupos, sofrendo apenas uma derrota e ficando com o segundo lugar no grupo. Porém na segunda fase foram três derrotas e 4º do grupo. Sergii Gladyr (Fuenlabrada, da Espanha) foi o principal nome da equipe até agora ao lado de Viacheslav Kravtsov (Phoenix Suns) e do americano naturalizado ucraniano Eugene Jeter (Shandong Lions, da China).

lituania italia

Lituânia vs. Itália
Comandada por Jonas Kazlauskas, a Lituânia orfã de Sarunas Jasikevicius consegue uma vaga nas quartas de final. Mesmo sem o maior nome do basquete de sua história, a seleção lituana conseguiu um 3º lugar na fase de grupos e um 2º na segunda fase, assim, se classificando para as quartas. Os três principais nomes da equipe durante a competição foram Jonas Valanciunas (Toronto Raptors), Linas Kleiza (Fenerbahçe, da Turquia) e Darjus Lavrinovic (Budivelnyk, da Ucrânia). A seleção ainda possui dois nomes que podem aparecer durante os playoffs, Donatas Motiejunas (Houston Rockets) e Martynas Pocius (Zalgiris Kaunas, da Lituânia).

A Itália de Simone Pianigiani chega às quartas de final após ir bem nas fases anteriores. Durante a fase de grupos, a seleção italiana saiu invicta, sendo uma sua primeira derrota só na segunda fase, diante da Eslovênia. Três jogadores foram os destaques da campanha italiana até agora, Marco Belinelli (San Antonio Spurs), Pietro Aradori (Cantù, da Itália) e Alessandro Gentile (Olimpia Milano, da Itália).

Datas dos confrontos
Sérvia – Espanha (18/09)
Eslovênia – França (18/09)
Croácia – Ucrânia (19/09)
Lituânia – Itália (19/09)

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 17 de setembro de 2013, em Basquete e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: