Chelsea sai na frente, mas Basel consegue a virada


por Michel de Alcantara

Na reestreia de Mourinho na Liga dos Campeões pelo Chelsea, a derrota era o que o técnico português menos esperava. Favorito do grupo E, os Blues até saíram ganhando, com gol do brasileiro Oscar, mas o Basel surpreendeu e virou o jogo na etapa final, com Salah e Streller . O time suíço propôs um jogo mais defensivo e nos contra-ataques, com boa organização tática, e o time de Stamford Bridge acabou esbarrando na forte marcação, além de falhar nas finalizações.

Mohamed Salah fez o segundo gol que deu a vitória para o Basel (Foto: Andy Müller/freshfocus)

Mohamed Salah fez o segundo gol que deu a vitória para o Basel (Foto: Andy Müller/Freshfocus)

Schalke 04 e Steaua Bucareste fizeram o outro jogo do grupo. Os alemães conquistaram uma vitória tranquila por 3 a 0 e lideram ao lado do Basel. Uchida, Boateng e Draxler fizeram os gols da partida.

Na próxima rodada, o Chelsea vai até a Romênia encarar o Steaua Bucareste, no dia 1 de outubro. No mesmo dia, na Suíça, o Basel enfrentará o Schalke 04.

Poucas emoções

Em um primeiro tempo sonolento, as duas equipes pouco fizeram. Os Blues dominaram o jogo, com quase 60% de posse de bola, mas pouco efetivo em lances de ataque. O jogo foi feito tentando furar o bloqueio do Basel, que foi até Londres buscar um empate, e o Chelsea conseguiu apenas rodar a bola, mas sem finalizar. O time suíço levou perigo apenas no contra-ataque.

Apenas no fim da primeira atapa, em bela jogada, David Luiz passa para Lampard, que acha Oscar dentro da área e o brasileiro, que finalizou cruzado para abrir o placar.

Organização

A figura do jogo mudou no segundo tempo. Precisando buscar o gol de empate, o Basel abriu um pouco o time e fez com que o Chelsea criasse mais jogadas, além de ter finalizado mais. Oscar foi o jogador que levou mais perigo na segunda etapa. Lampard, quando subiu ao ataque, conseguiu dar bons passes. Mas os Blues acabaram perdendo vários gols, e o time suíço aproveitou os espaços no campo e em jogada trabalhada, Salah empatou o jogo.

Com o empate, Mourinho modificou o time, deixando o time londrino muito ofensivo. Porém, o time da Basiléia esteve mais organizado em campo e conseguiu anular as principais jogadas do adversário. E em um cruzamento, Streller se antecipa aos zagueiros, marcando o gol da virada. Com o resultado, o Chelsea perdeu toda a organização e acabou sendo bem controlado pelo Basel. O que se viu no final foram jogadas desesperadas e muitos cruzamentos, mas sem efetividade.

Ficha Técnica

Local: Stamford Bridge, em Londres

Arbitragem: Daniele Orsato (ITA)

Cartões amarelos: Van Ginkel (Chelsea); Marcelo Días (Basel)

Chelsea: Cech; Ivanovic, Cahill, David Luiz, Cole; Van Ginkel (Obi Mikel), Lampard, Willian (Juan Mata), Oscar, Hazard; Eto’o. Técnico: José Mourinho.

Basel: Sommer, Ivanov, Voser, Schär, Safari, Stocker (Ajeti), Frei, Díaz, Salah (Xhaka), Streller, Sio (Delgado). Técnico: Murat Yakin.

 

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 18 de setembro de 2013, em Champions League 13/14 e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: