World Series 2013 – Arremessador brilha e ST Louis iguala a série decisiva contra o Red Sox


por Marcos Garcia

Após o massacre de Boston no jogo 1 da World Series 2013, o ST Louis Cardinals aproveitou uma grande atuação individual de seu pitcher e os erros do rival para empatar a série final em 1-1. Jogando no Fenway Park novamente, os visitantes não se intimidaram com a torcida adversária e fizeram o suficiente para garantir o triunfo por 4 x 2.  A série decisiva se transfere para St Louis na noite deste sábado, quando as duas equipes se enfrentam no jogo 3, no duelo que marca o encontro Jake Peavy e Joe Kelly no montinho. Confira abaixo o resumo do jogo 2 e os principais destaques da partida.

Michael Wacha deixou o Fenway Park em silêncio com uma grande exibição no jogo 2 ( Mark L. Baer, USA TODAY Sports)

Em noite de Wacha, Cardinals jogam no erro adversário e saem vencedores

Depois da decepcionante exibição de Adam Wainrwright no jogo 1, St Louis apostava todas as suas fichas em Michael Wacha para o segundo confronto no Fenway Park, e o pitcher correspondeu bem às expectativas. Com apenas 22 anos e menos de 15 jogos abertos na carreira, o “Green Monster”, como é conhecido o camisa 52 dos Cards, foi muito sólido durante as 6 entradas em que esteve no montinho, cedendo apenas 3 rebatidas e duas corridas contra o ataque mais poderoso da MLB. O único ponto fraco de Wacha no jogo foram os walks (4 no total), gerando em um deles uma das duas corridas de Boston no jogo.

Pelos mandantes, Jake Peavy não foi tão consistente quanto o rival na partida, mas também se destacou.  Até a quarta entrada, quando foi surpreendido pela rebatida tripla de Matt Holliday que abriu o placar, o pitcher vinha tendo uma performance sólida e levou sua equipe em condições de virar o jogo até a 6º entrada. A ajuda mútua do ataque também permitiu que Boston ficaasse na frente do marcador, através do sempre confiável David Ortiz e sua paulada pro lado esquerdo, impulsionando também Dustin Pedroia e levando a torcida a loucura pelo 2º jogo seguido.

Na entrada seguinte, precisando mais do que nunca da liderança no placar, St Louis usou a experiência e a estratégia para conquistar o objetivo e o triunfo.  Uma série de erros do Red Sox permitiu que duas rebatidas, um walk e outros 2 arremessos errados para a base fossem o suficiente para os Cards colocarem 4 x 2 no marcador e não saírem do controle da partida até o seu fim. Com um Bullpen seguro e eficiente, a vitória veio e permitiu que a série fosse para St Louis empatada e imprevisível.

O Cara do Jogo

Principal surpresa positiva de St Louis no ano, Michael Wacha chegou a sua 4º vitória em 4 jogos na pós-temporada, jogando 27 entradas totais e somando um ERA de 1.00. Outros números que impressionam são os de rebatidas cedidas (apenas 11) e de Strikeouts (28).

Jerrod Saltalamacchia não consegue segurar a bola e Pete Kozma anota uma corrida para os Cards no erro que decidiu o jogo (AP Photo)

Anúncios

Sobre Jornaleiros do Esporte

Site sobre esportes dos alunos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Email : jornaleirosdoesporte@gmail.com Twitter : @Jesporte Facebook : http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100002390365816

Publicado em 26 de outubro de 2013, em Especiais e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: