Em decisão controversa e dividida, St-Pierre mantém o título dos meio-médios


por Jordan Marciano

O Ultimate Fighting Championship chegou aos seus 20 anos de história. Para comemorar o maior evento de Mixed Martial Arts do mundo, nada melhor do que o ginásio MGM grand, em Las Vegas, e duas lutas que prometiam qualidade, nos combates principais do UFC 167, ocorrido neste sábado (16). Pelo peso meio-médio (77kg), Georges “The Rush” St-Pierre colocou seu cinturão em jogo contra Johny Hendricks e se manteve campeão depois da decisão dividida entre os árbitros. Enquanto isso, Rashad Evans usou seu wrestling e conseguiu um nocaute ainda no primeiro assalto, sobre seu amigo Chael Sonnen, na divisão dos meio-pesados (93kg).

(The Rush comemora com alívio, enquanto Hendricks lamenta. Foto: Divulgação/UFC)

(The Rush comemora com alívio, enquanto Hendricks se lamenta. Foto: Divulgação/UFC)

Luta principal e polêmica

Nos momentos que antecederam a disputa e também durante a pesagem, St-Pierre disse que essa seria a defesa de cinturão e luta mais difícil de sua carreira. O canadense estava certo, pois Hendricks subiu no Cage com um jogo afiado de Wrestling, Jiu-Jitsu, além da confiança na poderosa mão canhota. Georges, campeão desde 2007 e mais experiente em momentos decisivos, buscou usar a sua inteligência e preparação física com a intenção de fazer o americano barbudo andar para trás e se desestabilizar. Enquanto isso, o desafiante não se intimidou com um dos melhores atletas da competição e partiu em direção de ataque.

O resultado disso foi um combate tão equilibrado quanto o que ocorreu entre Jon Jones e Alexander Gustafsson, que culminou em Jones vitorioso. Porém, Johny conseguiu acertar cotoveladas e socos de alta eficiência no campeão, o que fez o rosto de St-Pierre se cortar. A luta seguiu parelha por todos os 25 minutos.

ST PIERRE

(O campeão tenta acertar um direto no adversário. Foto: Divulgação/UFC)

O canadense tomou o centro da jaula, usou a vantagem de envergadura na busca de sair do raio de ação do americano. O faixa preta de Jiu-Jitsu também ameaçou encaixar uma guilhotina no primeiro round, mas o plano geral foi minar a resistência de seu adversário com “jabs” potentes e chutes na cabeça, mas que no final não causaram danos aparentes em Hendricks. Já o guerreiro de Oklahoma teve a estratégia de caminhar para frente, mostrou uma excelente defesa de queda, além de alcançar alguns “takedowns” e desferir a força das mãos que já nocautearam Martin Kampann e trouxeram vitória sobre Carlos Condit.

Houve muita igualdade nas ações do combate. St-Pierre levou certa vantagem no chão e conseguiu duas quedas no quinto round, mas Hendricks foi mais efetivo de pé e causou ferimentos no canadense.

(O barbudo estava confiante da vitória ao término dos 25 minutos. Foto: Divulgação/UFC)

(O barbudo estava confiante da vitória ao término dos 25 minutos. Foto: Divulgação/UFC)

No anúncio final, dois árbitros decretaram que o cinturão se manteria no Canadá, enquanto o terceiro juiz apontou Hendricks como novo detentor do título. Alguns especialistas e lutadores tiveram opinião de que a decisão foi acertada, enquanto outros e até o presidente Dana White não concordaram e queriam o americano campeão.

Após o alívio, Georges afirmou que existe a possibilidade de aposentadoria. Em entrevista com Joe Regan, o lutador disse que tem algumas pendências pessoais para resolver e deseja férias, deixar de lado as luvas por um tempo. Já Johny estava inconformado e disse que merecia sair de Las Vegas com a cinta. O atleta não segurou as lágrimas e declarou que voltará mais forte para ser o campeão. Confira abaixo.

Anúncios

Publicado em 17 de novembro de 2013, em Lutas e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: